“Dá para manter até ano que vem”, diz Bolsonaro sobre Auxílio Brasil de R$ 600

Governo pretende investir mais de R$ 20 bilhões em benefícios ainda neste ano, incluindo no Auxílio Emergencial.

Recentemente, o presidente e candidato à reeleição Jair Bolsonaro (PL) esteve em Vitória, no Espírito Santo, onde voltou a falar sobre o Auxílio Emergencial. No caso, a pauta ganhou muito espaço durante os anos de pandemia e segue como carro-chefe da campanha eleitoral do presidenciável. Segundo Bolsonaro, é possível manter o Auxílio Brasil de R$ 600, embora a aprovação da quantia tenha como prazo de validade dezembro deste ano.

Leia mais: Governo libera auxílio para caminhoneiros e taxistas e solicita informações cadastrais

PEC eleitoral aprova novo valor do Auxílio Brasil

“Auxílio Brasil” é o programa que o Governo Federal lançou em busca de aliviar as dificuldades financeiras de famílias em situação de pobreza e extrema pobreza. Além disso, há também a expectativa de que esse investimento garanta retorno aos cofres públicos ao aquecer a economia. Trata-se, portanto, da substituição do programa “Bolsa Família”, que se tornou marca dos governos do PT.

Ainda em fala aos apoiadores em Vitória, Bolsonaro garantiu a preocupação do seu governo com a assistência. Ademais, disse que é falsa a acusação de que seu mandato ignora os pobres. Para provar essa afirmação, o presidente citou a criação do Auxílio Emergencial durante a pandemia e, mais recentemente, do Auxílio Brasil.

Vale lembrar que a substituição dos programas trouxe também um aumento no valor do programa. Isso porque o Bolsa Família pagava R$ 190, ao passo que o Auxílio Brasil aumentou a quantia para R$ 400. Recentemente, a Câmara dos Deputados aprovou a chamada PEC eleitoral, que foi a forma que o governo achou para driblar regras fiscais. Com isso, o Auxílio Brasil passou para R$ 600, mas a aprovação garante esse valor apenas até dezembro desse ano.

Governo deve investir mais em benefícios

O Governo demonstrou esforços para realizar a distribuição de benefícios sociais. Entre eles estão o Vale-Gás, o Auxílio Brasil e o recente Auxílio para caminhoneiros e motoristas de táxi, que veio com a aprovação da PEC eleitoral.

A aprovação desses benefícios nos valores atuais dura até o fim desse ano. No caso, existe a expectativa de investimento de R$ 42,2 bilhões em auxílios apenas em 2022. Desses, R$ 26 bilhões tem como destino a ampliação do valor do Auxílio Brasil.

você pode gostar também

Comentários estão fechados.

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More