Buraco negro – O que são, aparência, formação e curiosidades

Saiba como surge uma das forças mais misteriosas que os cientistas já descobriram no universo.


Os buracos negros são uma das forças mais misteriosas e poderosas do universo. Um buraco negro é um local onde a gravidade se tornou tão forte que nada ao redor pode escapar, nem mesmo a luz.

A massa de um buraco negro é tão compacta ou densa que a força da gravidade é forte demais para que até a luz escape.

Aparência

Buracos negros são verdadeiramente invisíveis e não podemos vê-los porque eles não refletem a luz. Os cientistas sabem que existem observando a luz e os objetos em torno dos buracos negros.

Foto simulada de como seria um buraco negro

Coisas estranhas acontecem ao redor de buracos negros relacionados à física quântica e ao espaço-tempo. Isso os torna um assunto popular de histórias de ficção científica, embora sejam muito reais.

Formação

Buracos negros são formados quando estrelas gigantes explodem no final do seu ciclo de vida. Esta explosão é chamada de supernova. Se a estrela tiver massa suficiente, ela ficará em um tamanho muito pequeno.

Devido ao seu pequeno tamanho e enorme massa, a gravidade será tão forte que absorverá luz e se tornará um buraco negro. Buracos negros podem crescer à medida que continuam absorvendo luz e massa ao redor deles. Eles podem até absorver outras estrelas. Muitos cientistas pensam que existem buracos negros supermassivos no centro das galáxias.

Horizonte de eventos

Existe um limite especial em torno de um buraco negro chamado horizonte de eventos. É nesse ponto que tudo, até mesmo a luz, deve ir em direção ao buraco negro. Não há como escapar uma vez que você cruzou o horizonte de eventos.

Descoberta

A ideia do buraco negro foi proposta pela primeira vez por dois cientistas diferentes no século XVIII: John Michell e Pierre-Simon Laplace. Em 1967, um físico chamado John Archibald Wheeler surgiu com o termo “buraco negro”.

Curiosidades

  • Os buracos negros podem ter a massa equivalente a vários milhões de sóis.
  • Eles não vivem para sempre, mas evaporam lentamente, retornando sua energia para o universo.
  • O centro de um buraco negro, onde toda a sua massa reside, é um ponto chamado ‘singularidade’.
  • Buracos negros diferem uns dos outros em massa e seu spin. Fora isso, eles são todos muito parecidos.
  • Os buracos negros que conhecemos tendem a se encaixar em duas categorias de tamanho: o tamanho “estelar” e o “supermassivo”. Os maiores estão localizados nos centros de grandes galáxias.

PUBLICIDADE

você pode gostar também

Os comentários estão fechados, mas trackbacks E pingbacks estão abertos.

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More