Cadeias e Teias Alimentares

Conceitos importantes em Ecologia e estão relacionados com as relações de alimentação que ocorrem entre os seres vivos, funcionando de forma integrada.

0

A natureza funciona de forma integrada. Ocorrem relações harmônicas e desarmônicas entre os animais, de acordo com o prejuízo de cada espécie. Isso diz respeito ao fato de os seres vivos apresentarem relações de alimentação no meio em que vivem, as quais são representadas na forma de teias e cadeias alimentares.

Veja também: Ecologia

Dicas de cursos grátis online para aprender Biologia na Web

Primeiro vamos as definições:

O que são cadeias alimentares?

As cadeias alimentares são as relações de alimentação existentes entre os seres vivos de um ecossistema. A partir desta, é possível observar como os nutrientes e a energia fluem entre os seres vivos, o qual é distribuído por meio de um fluxo unidirecional.
Veja o exemplo:

As setas significam o fluxo em que a cadeia segue. A seta também indica que o que está sendo apresentado serve de alimento para animais ao lado. Cada animal possui um nível trófico, ou seja, uma classificação de acordo com sua posição. O vegetal constitui o primeiro nível trófico, o grilo o segundo nível trófico e assim sucessivamente.

O quais são os níveis tróficos?

Produtores: são o primeiro nível trófico de qualquer cadeia e teia alimentar. São os seres capazes de produzir seu próprio alimento, ou seja, organismos autotróficos.
Como exemplo de produtores, podemos citar as plantas, as quais produzem seu alimento pela fotossíntese. Indicado na primeira posição no exemplo acima.

Consumidores: São aqueles organismos que se alimentam de outros seres vivos. Podemos agrupar os consumidores em primários, secundários, terciários e assim sucessivamente, de acordo com sua posição na cadeia alimentar, assim como indicado na figura.
Os consumidores primários são aqueles que se alimentam dos produtores, no caso, do exemplo, o grilo, constituindo o segundo nível trófico.
Já os consumidores secundários são aqueles que se alimentam dos primários; os terciários consomem os secundários e assim por diante.

Decompositores: Formado principalmente por fungos e bactérias, atua em todos os níveis tróficos e é importante por decompor a matéria orgânica e devolver nutrientes ao meio para que possam ser reutilizados. Nesse processo os nutrientes tornam-se disponíveis novamente no ambiente.

O que são teias alimentares?

As teias alimentares, nada mais são do que diversas cadeias alimentares interligadas. Essas interligações mostram que um mesmo organismo pode apresentar hábitos de alimentação variáveis e, portanto, ocupar diferentes níveis tróficos, não sendo unilateral. Nesse caso, um mesmo organismo pode ser consumidor secundário e terciário, além do fluxo de energia e nutrientes seguir diversos caminhos. Veja o exemplo a seguir:

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.