Cães de rua têm habilidade natural de entender os seres humanos

Os cãezinhos de rua aprenderam a se virar e até mesmo a compreender nossos gestos.

É muito comum que cachorros domésticos sejam submetidos a processos de adestramento para aprenderem comandos. Mas, recentemente, foi realizado um estudo na Índia em que os pesquisadores descobriram que os cães de rua entendem gestos humanos naturalmente. Continue a leitura para compreender como os cientistas chegaram a essa descoberta surpreendente.

Leia mais: 4 Espécies de aves completamente extintas do planeta

A triste realidade dos cães de rua no mundo

Existem milhões de cachorros perambulando pelo planeta, e uma grande parte deles está na Índia. Nesse sentido, é comum que, às vezes, cães sem dono entrem em conflito com as pessoas, além de representarem um risco à saúde pública, uma vez que podem ser portadores da raiva, um vírus capaz de levar à morte.

Tendo em vista essa situação complicada, é importante que sejam realizadas pesquisas com o objetivo de identificar informações a respeito dos cachorrinhos de rua, assim como seu comportamento, pois esse entendimento é fundamental para solucionar os problemas da relação desses animais com as pessoas.

Estudo mostra que os cães de rua entendem os gestos dos humanos

Anindita Bhadra conduziu uma pesquisa com aproximadamente 160 cães que vivem nas ruas de cidades da Índia. No estudo, inicialmente os animais foram colocados diante de dois potes tampados, sendo que um continha frango cru e o outro possuía apenas o cheiro do alimento.

Logo depois, um segundo pesquisador (que não sabia qual era o conteúdo de cada recipiente) aparecia e apontava para um dos potes, como se estivesse dando um tipo de comando para os animais. A ação podia ter duração de um segundo ou acontecer por mais tempo, e as mãos do cientista não ficavam perto das tigelas.

Em relação aos resultados, quase metade dos cachorros não chegava perto dos pesquisadores, pois muitos deles demonstravam ter ansiedade e certamente tiveram experiências ruins com pessoas anteriormente, explicou Bhadra.

Porém, é importante destacar que, da metade dos cachorros que se aproximaram, cerca de 80% foram na direção do pote para o qual o segundo pesquisador apontou, ou seja, compreenderam o gesto humano. Contudo, caso os cães descobrissem que o recipiente estava sem nada, provavelmente não seguiriam o gesto novamente.

Enfim, o estudo sugere que cães não treinados conseguem se identificar com os humanos, apesar das prováveis experiências traumáticas já vividas com eles. Essas constatações podem ensinar adultos e crianças a interagirem melhor com esses animais, resultando em uma convivência mais segura para ambos.

você pode gostar também

Comentários estão fechados.

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More