Como calcular consumo de combustível e controlar os gastos do seu carro

Veículos exigem muitos gastos, sendo o maior deles o combustível. Felizmente, existem técnicas e hábitos para melhor aproveitar seu rendimento.

Quem pensa que o maior gasto que se tem com um carro é na hora da compra se engana! O veículo está sujeito a certas despesas como IPVA, seguro, licenciamento, manutenção, multas, pedágio e, é claro, combustível!

É recomendável ter uma média de gastos para se ter ao menos uma noção do quanto de dinheiro é despendido ao mês, e assim adotar hábitos que controlem essas despesas.

Como calcular o consumo de combustível?

Para calcular quanto você gasta com combustível, siga rigorosamente aos passos:

  1. Ao encher o tanque e anote quantos quilômetros estão marcados no hodômetro;
  2. Utilize o carro normalmente;
  3. Quando for necessário reabastecer, encha o tanque novamente e anote a nova quilometragem;
  4. Subtraia a última quilometragem marcada pela primeira para obter a quantidade de quilômetros foram rodados nesse período;
  5. Divida a diferença obtida por quantos litros de combustível foram abastecidos, assim será obtido um número referente a quantidade de quilômetros por litro de combustível

Para melhor visualizar, veja o exemplo:

Na primeira abastecida, seu carro tinha 2 mil km rodados, enquanto na segunda marcava 2.500 km. Assim seu tanque cheio rendeu 500 km. Se você encheu 50 litros em seu tanque, então 500 dividido por 50 é igual a 10 km/L, que é seu rendimento.

Álcool ou gasolina?

Em média, o litro de álcool rende 70% do litro de gasolina. Assim, um cálculo super simples pode oferecer uma boa estimativa:

Basta multiplicar o valor da gasolina no posto de combustível por 0,7. Caso o resultado for maior que o valor do álcool, vale a pena abastecer com álcool. Se o resultado for menor que valor do álcool, abasteça com gasolina.

Veja um exemplo prático:

Se o litro da gasolina custa R$ 3,50, multiplique este valor 0,7. O resultado é 2,45. Dessa forma, o etanol seria vantajoso até R$ 2,44 o litro. Se for R$ 2,45, dá na mesma. Se for mais do que isso, não compensaria.

Vale lembrar que esse cálculo é baseado em uma média, e por isso não leva em consideração as especificidades do motor do seu carro.

Caso se interesse por números mais precisos, encha o tanque de gasolina e faça todas as contas indicadas anteriormente, e depois encha só de álcool e refaça as contas. Assim, você obterá um resultado de quantos quilômetros seu carro roda com cada um.

Dessa forma, você pode dividir um resultado pelo outro para encontrar um percentual referente ao rendimento. É estimado que esse resultado seja próximo de 70%. Veja:

Um carro flex roda 11 km com 1 L de gasolina, e 7 km com 1 L de etanol. 7 sobre 11 é igual a 0,68, ou 68%. Quase 70% não é mesmo? É recomendável repetir o hábito de tempos em tempos para acompanhar a autônima e o rendimento de seu veículo.

Caso ache interessante, há a possibilidade de baixar planilhas no Excel (ou fazer a sua própria) para sistematizar os cálculos e melhor visualizá-los.

Aplicativos para calcular consumo de combustível

Não compreendeu muita coisa sobre esse tanto de cálculo? Calma! Existem aplicativos disponíveis para Android e iOS que podem te ajudar nessa hora. É o caso de Consumo, Gasoleta, Fuelio, entre outros.

Hábitos na direção que aumentam o consumo de combustível

Há hábitos que exigem um alto consumo de combustível na hora de assumir a direção. É importante estarmos atentos quanto à isso para que possamos evitar o máximo possível. Atente-se:

  • Pisar fundo na arrancada;
  • Demora na troca de marcha, o que força o motor;
  • Falta de correção em eixos desalinhados e pneus descalibrados, que sobrecarregam o motor do carro;
  • Abastecer com combustível de baixa qualidade;
  • Solo: asfaltos mais rugosos ou chão de terra batida exigem mais do motor do que asfaltos lisos, que reduzem o atrito com os pneus;
  • O ato de parar e acelerar do trânsito da cidade exige maior consumo de gasolina, enquanto rodovias sem muita variação de velocidade gastam menos.

Carros mais econômicos do Brasil

Antes de comprar um carro, se o seu objetivo é economizar, é ideal escolher um carro que desempenhe um bom consumo. Afinal, com o preço dos combustíveis em alta e com tendência de subir ainda mais, quem não quer gastar menos não é mesmo?

Veja a seguir os carros mais econômicos 2019 e quanto cada um roda por litro.

1 – Volkswagen Up!

Cidade (etanol) 9,6 km/l
Estrada (etanol) 11,1 km/l
Cidade (gasolina) 13,8 km/l
Estrada ( gasolina) 16,1 km/l

2 – Renault Kwid

Cidade (etanol) 10,3 km/l
Estrada (etanol) 10,8 km/l
Cidade (gasolina) 14,9 km/l
Estrada (gasolina) 15,2 km/l

3 – Fiat Mobi

Cidade (etanol) 9,6 km/l
Estrada (etanol) 13,7 km/l
Cidade (gasolina) 11,3 km/l
Estrada (gasolina) 16,1 km/l

4 – Ford Ka

 

 

Cidade (etanol) 9,2 km/l
Estrada (etanol) 10,8 km/l
Cidade (gasolina) 13,5 km/l
Estrada (gasolina) 15,7 km/l

5 – Chery New QQ

Cidade (etanol) 8,9 km/l
Estrada (etanol) 9,9 km/l
Cidade (gasolina) 12,9 km/l
Estrada (gasolina) 14,4 km/l

Veja também: Banco Honda: Financiamento sem taxas abusivas e disponível para todos

você pode gostar também

Os comentários estão fechados, mas trackbacks E pingbacks estão abertos.

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More