Empresa processa casal em US$ 112 mil por causa de avaliação ruim no Google

Clientes de Washington, nos EUA, avaliaram o atendimento da empresa ERS com apenas uma estrela.

Uma empresa dos Estados Unidos da América (EUA) está processando um casal por uma avaliação ruim no Google. O casal que mora em Washington avaliou a empresa Executive Roof Service (ERS) com apenas uma estrela. O processo pede US$ 112 mil de indenização por difamação e interferência intencional nos negócios.

Em matéria divulgada no Yahoo, um dos integrantes do casal conta que ficou apavorado com a notícia. Knepper disse que chorou ao saber da ação, pois não possui dinheiro para pagar advogado e, muito menos, a indenização solicitada.

Empresa fazia manutenção de telhados

A ERS é uma empresa especializada em manutenção de coberturas e telhados. O casal de Washington chamou os profissionais para avaliar um vazamento no telhado da casa. 

Contudo, a experiência não foi das melhores. Segundo o casal, uma recepcionista da ERS foi rude em seu atendimento. Antes disso, a empresa não tinha dado continuidade aos serviços, mesmo após terem sido iniciados.

“Ela [recepcionista] se recusou a me dar qualquer informação. Pedi para falar com o gerente e ela riu de mim. Me disse que estava abusando dela verbalmente, que ela era a gerente do escritório, e desligou na minha cara”, explicou Knepper.

Por conta da má experiência, o casal decidiu avaliar a empresa com apenas uma estrela no Google. Esse tipo de avaliação demonstra total insatisfação com produtos e serviços. Outros usuários podem ver as notas para decidirem se contratam ou não determinado prestador de serviço, por exemplo.

O dono da ERS, Michael Mecham, teria procurado os dois e pedido para que retirassem a nota ruim. “Ele me disse que sabia onde eu morava […] e que ficaria feliz em gastar 100 mil dólares me processando”, ressaltou Knepper.

A polícia foi procurada e solicitou para que Mecham não perturbasse mais os clientes. A partir daí os advogados entraram em contato com o casal solicitando a retirada da nota no buscador.

O processo, no entanto, diz respeito à suposta intenção de prejudicar a ERS com os comentários. O caso segue sendo acompanhado pelas autoridades.

Leia também: Veja como saber quem mexeu no seu celular sem sua autorização

você pode gostar também

Comentários estão fechados.

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More