Chá e suco de Melão-de-São-Caetano tem benefícios para a saúde

Popularmente conhecido como Melão Amargo ou Erva-de-São-Caetano, o Melão-de-São-Caetano acumula benefícios medicinais.

Essa planta medicinal, um pouco incomum para grande parte dos brasileiros, tem chamado muita atenção de médicos e pesquisadores.

De nome científico Momordica Charantia, o Melão-de-São-Caetano tem um gosto amargo que é bem característico, mas com benefícios comprovados.

A planta tem sido utilizada no tratamento de diabéticos e pessoas com problemas de pele, visto que possui ação hipoglicemiante, cicatrizante e antimicrobiana.

Mas esses não são os únicos benefícios. Além dos mencionados, a planta consegue ser antiviral, inseticida, laxativa e antibiótica.

Isso fez com que se tornasse viável para tratamento de feridas e lesões na pele, além de conseguir aliviar os sintomas de picadas de inseto.

A ação antiparasitária e antimicrobiana deu ao Melão-de-São-Caetano a fama de ser purificador, o que de fato é.

Pesquisas indicam que o Melão Amargo consegue eliminar toxinas e resíduos do corpo. Outras pesquisas, mais contraditórias, apontam como ótimo para prevenir câncer.

Isso porque alguns estudos têm ligado o Melão-de-São-Caetano como um poderoso anticancerígeno capaz de destruir até 90% de células cancerígenas.

(Leia “Confira como a mandioca pode ser importante para a saúde e como cultivá-la” clicando aqui)

Bom, depois de todos os benefícios mencionados, é de se imaginar que você esteja no mínimo curioso sobre essa planta medicinal. Veja como utilizar.

Modos de Usar o Melão-de-São-Caetano

Primeiramente, a forma mais comum de se consumir o Melão-de-São-Caetano é como suco, podendo, inclusive, ser feito polpas do fruto.

Quanto mais concentrado for o suco, mais será possível utilizar de todos os benefícios. Então pode aproveitar de todas as fibras!

Outra maneira mais tradicional é utilizá-lo como Chá. Com algumas fatias secas do melão, ou com suas folhas secas, você consegue um chá poderoso.

Mas atenção! Por se tratar de um fruto de forte ação, é melhor consultar o médico na hora de consumi-lo e ficar atento à quantidade.

O fruto, em todas as suas formas, é contraindicado para gestantes e mulheres em período de amamentação. Pessoas com diarreia crônica ou hipoglicemia também devem evitar.

Muitas pessoas também utilizam as folhas para elaborar compressas para a pele, devido a sua ação cicatrizante.

No mais, é bom apenas se atentar aos cuidados e contraindicações ressaltadas e consumir moderadamente. Há quem faça até sobremesa e utilize o fruto gastronomicamente.

E então, gostou da dica? Acesse o Escola Educação para ter acesso a mais conteúdos que irão te ajudar no seu dia a dia e com a sua saúde. Acesse aqui!

você pode gostar também

Comentários estão fechados.

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More