Civilização cretense – resumo e principais características

A história da civilização cretense, suas principais características, onde estava localizada, aspectos culturais e o contexto da Grécia Antiga.

0

A Grécia Antiga compreende o período que descreve o mundo antigo grego e suas áreas próximas. Nesse contexto, as civilizações se desenvolveram baseadas em suas próprias características e organização.

A civilização cretense ou minóica desenvolveu-se nesse período na região da Ilha de Creta. Conheça um pouco mais sobre suas principais características e curiosidades.

Localização da Ilha de Creta na Grécia
Localização da Ilha de Creta na Grécia

O que foi a civilização cretense?

Também chamada de civilização minóica, a civilização cretense habitou a região da Ilha de Creta no período entre 3.000 a.C. e 1.400 a.c. O termo minóico foi dado pelo arqueólogo inglês Arthur Evans em referência a Minos, rei mítico de Creta.

Suas origens, ainda, são um pouco desconhecidas. No entanto, pesquisadores acreditam na existência de algumas populações oriundas da Ásia Menor que chegaram à Ilha de Creta e, por lá, acabaram se instalando.

Principais características da civilização cretense

  • período, de certa forma, pacífico, com poucos registros de revoltas sociais e guerras
  • economia baseada no comércio marítimo e agricultura, com destaque para o cultivo de trigo, uvas e azeitonas
  • religião politeísta cultuando vários deuses e deusas, a maioria, divindades femininas ligadas à fertilidade – culto à Grande Mãe, representante da terra e da fertilidade
  • poder político concentrado nas mãos do rei importante, também, na religião e justiça construção de palácios imponentes, como Palácios de Festos, Cnossos e Mália (a maioria, porém, foi destruída com a erupção do vulcão de Santorini no século XVII a.C.
  • forte contribuição nas artes plásticas, especialmente, na cerâmica, jóias com ouro e pedras preciosas
  • culto ao touro como animal sagrado com sua presença em festas, danças e atividades corporais
  • desenvolvimento da escrita Linear A, parecida com os hieróglifos e inscrita em placas de argila

Momentos históricos da civilização cretense

A partir da chegada das civilizações da Ásia Menor à Ilha de Creta, a sociedade se multiplicou fazendo com que a economia se solidificasse. Esta era baseada, sobretudo, no comércio marítimo de produtos da região balcânica e Ásia, porta de entrada para o Oriente.

Os principais produtos vendidos eram objetos de bronze, armas e tecidos. Mas, o entendido vem dos períodos históricos. O primeiro período da civilização cretense é a Civilização Egéia, os primeiros habitantes da ilha que se dedicavam à agricultura e pastoreio.

Depois, veio a civilização cretense em si, quando foi observado o referido crescimento econômico. Por fim, o terceiro momento compreendido pela civilização minóica, iniciada após a destruição das cidades cretenses por um terremoto.

Reconstrução

O último período é caracterizado pelo fortalecimento da monarquia simbolizada pelo rei Mino. Nessa época, foram construídos os palácios conhecidos por guardarem armadilhas sob a forma de labirintos a fim de evitar invasões.

O fato é que, segundo a lenda, os labirintos foram construídos para afastar os minotauros, criatura que seria constituída por metade homem e metade to

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.