Comunidade das Nações – O que é, Commonwealth, Países e Objetivo

A Comunidade das Nações é uma associação de 53 nações unidas por laços com o ex-domínio britânico.

A Commonwealth, ou Comunidade das Nações, é um grupo de 53 estados, os quais (com exceção de dois) faziam parte do Império Britânico. A Commonwealth foi criada no início de 1900, quando nações que antes faziam parte do Império Britânico começaram a se separar.

No total, 2,328 bilhões de pessoas pertencem à Commonwealth, representando um terço da população mundial. Apesar das enormes diferenças geográficas e demográficas, diz-se que estes países estão unidos através dos seus valores comuns de democracia, direitos humanos e estado de direito.

As nações que entram na Commonwealth o fazem voluntariamente, e o governo de qualquer nação membro pode se retirar a qualquer momento, sem consequência ou obrigação.

Como os países se unem à Comunidade das Nações?

Para que uma nação se junte à Commonwealth, ela deve primeiro reconhecer Elizabeth II como chefe da Commonwealth. Outros critérios são igualmente importantes e incluem a igualdade racial e a adoção da paz mundial, liberdade, direitos humanos, igualdade e livre comércio.

Um estado membro também deve ser soberano, aceitar o inglês como o principal meio de comunicação dentro da Commonwealth e ter um desejo entre os cidadãos de fazer parte da organização.

A partir de 1997, uma nação deve ter um “vínculo constitucional direto” com qualquer Estado-membro atual. Os únicos estados membros que não se enquadram tecnicamente neste critério são Moçambique e Ruanda. O Secretariado da Commonwealth chamou a inclusão desses países de “excepcionais”.

É possível que os Estados sejam suspensos da Comunidade das Nações se não cumprirem os princípios democráticos descritos na Declaração de Harare. Os países com os quais isso aconteceu no passado incluem a Nigéria, o Paquistão e o Zimbábue.

Objetivos

Há certas vantagens em ser um estado-membro – por exemplo, existem serviços consulares para países em situação regular. Cidadãos da Comunidade das Nações que estão presos em um país que não é representado em um consulado por seu governo podem obter representação e um passaporte temporário de “cidadão da comunidade” emitido em uma embaixada britânica.

No caso de certas nações, como o Canadá e a Austrália, existem acordos bilaterais onde os cidadãos de qualquer país de uma terceira nação podem obter representação do outro país nos casos em que é impossível ser atendido por seu próprio embaixador.

Papel da Comunidade das Nações

A Commonwealth visa criar fortes ligações entre países ricos e pobres. Embora o grupo tenha sido criticado por ser mais simbólico do que útil, ajudou a criar fortes laços diplomáticos entre seus membros mais antigos.

Apesar da organização ter muito pouca influência política ou econômica, ela oferece oportunidades para as nações menores se reunirem com as nações maiores na Reunião Semestral dos Chefes de Governo da Commonwealth (CHOGM), que lhes permite fazer seus projetos e preocupações conhecidos, algo que tem mostrado dar frutos.

Quantos países estão na Comunidade das Nações?

A Comunidade das Nações atualmente consiste em 53 países. Mianmar e Aden (agora parte do Iêmen) são as únicas ex-colônias britânicas que optaram por não se unir à Commonwealth.

Países que fazem parte da Commonwealth
Países que fazem parte da Commonwealth

É importante lembrar que a Commonwealth é em grande parte um grupo de nações com o objetivo comum de promover a democracia e os direitos humanos. Não tem poder político ou econômico, e as antigas vantagens da imigração entre os países da Commonwealth deixaram de existir.

A principal vantagem de pertencer à Commonwealth é que ela é uma grande rede de países, e que dá uma chance aos países menores de terem suas vozes ouvidas. Em escala geopolítica, a Comunidade das Nações é uma conquista que superou muitas expectativas e continua sendo uma demonstração impressionante da força de uma aliança pacífica.

você pode gostar também

Os comentários estão fechados, mas trackbacks E pingbacks estão abertos.

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More