Peixes faxineiros: Conheça as espécies responsáveis por manter os aquários limpos

Elas auxiliam bastante no processo de limpeza natural do seu aquário. Confira!

Poucas pessoas sabem, mas existem exemplares de peixes que podem ajudar a manter o ambiente do aquário limpinho. Eles fazem isso removendo impurezas dos vidros e dos objetos presentes embaixo d’água. Acompanhe a leitura e descubra quais são os peixes que limpam o aquário!

Leia mais: Confira quais são os maiores peixes do Brasil!

É necessário ter esses peixes em meu aquário?

Ter ou não essas espécies em seu aquário fica a seu critério. Todavia, é importante saber que elas auxiliam bastante no processo de limpeza e manutenção do ambiente aquático em que elas se encontram. Eles tornam o vidro mais limpo, as pedras sem limo, além de fazer o controle de algas invasoras. Tudo isso de forma natural.

Esses peixes são verdadeiros faxineiros. E o mais legal sobre eles é que não são só responsáveis por um ambiente com aspecto mais limpo, mas também pela saúde de todo o ecossistema do aquário.

Afinal, quais espécies são essas?

Agora chegou a hora de conhecer esses espécimes tão interessantes. O primeiro deles é o Molinésia, esse peixinho não demanda cuidados super elaborados, além de ser muito prestativo e ornamental. Em suma, é um peixe que se alimenta da vegetações aquáticas, porém, apesar de comer as sujeitas, é preciso alimentá-lo com ração específica também.

Foto: Molinésia

Outro exemplar é o Coridora, esse nadador se alimenta de restos e dejetos presentes na água, o que é essencial para o controle de substâncias nocivas a outros peixes presentes no ambiente.

O Otto também é outro faxineiro das águas. Sendo um peixe que ama limpar vidros, pode-se dizer que ele é essencial em qualquer aquário de água doce, todavia, também deve ter sua alimentação complementada com ração específica. Ele é um peixe de cardume, por isso é ideal que ele viva em conjunto com outros exemplares da mesma espécie.

Foto: Otto

Por último, mas não menos importante, temos o cascudo que é um dos mais conhecidos peixes faxineiros, ele vive no fundo do aquário e precisa dos mesmos cuidados de suplementação na sua alimentação.

Foto: Cascudo

Cuidados necessários

Todas essas espécies são de fácil manejo e não demandam cuidados elaborados. Mas é necessário se atentar a algumas questões, como, todas precisam estar em temperaturas entre 20 e 28°C, já o pH deve ser entre 6 e 8, podendo haver mínimas variações de acordo com a espécie.

Portanto, é interessante certificar-se de não colocá-los em aquário recém prontos, esses peixes precisam de uma leve sujeira para que se adaptem bem e se alimentem de forma natural, sendo assim, coloque-os após alguns dias de funcionamento do ambiente aquático. Fazendo isso, com certeza você terá peixes saudáveis que sempre te ajudarão na limpeza e manutenção natural do local em que vivem.

você pode gostar também

Comentários estão fechados.

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More