Conheça a startup que facilita processos de legalização de empresas

A Company Hero já ajudou mais de 15 mil empresas e 1 mil escritórios, simplificando seus processos de legalização.

Todos aqueles que já tentaram formalizar uma empresa sabem o quanto esse processo é difícil. E, segundo a Global Business Complexity Index, o Brasil é o país mais difícil de se abrir um negócio.

Leia também: Confira descontos da Caixa em apoio ao empreendedorismo feminino

Pensando nisso, dois estrangeiros resolveram criar uma startup para facilitar toda essa burocracia exigida, então nasceu a Company Hero em 2016. Miklos Grof, que é húngaro, e Diego Izquierdo, que é chileno, sentiram na pele a complexidade de abrir uma empresa no país, e por isso decidiram criar a startup para simplificar o processo para outros empreendedores.

De lá pra cá, a startup já ajudou mais de 15 mil empresas e 1 mil escritórios, simplificando seus processos de legalização. Eles oferecem um serviço único no país, e extremamente completo, com toda a ajuda necessária para criar, regularizar, encerrar e proteger a empresa.

Saiba mais sobre a Company Hero

Em 2021, a empresa já havia facilitado ainda mais o processo com a utilização de APIs, bots e crawlers para adiantar processos demorados junto a portais e sistemas de órgãos públicos. Agora, a startup lançou um serviço de tecnologia que facilita o trabalho de escritórios de contabilidade e advocacia.

Assim, a plataforma PaaS (Paralegal-As-A-Service) conta com diversos especialistas que ajudam os escritórios a fornecerem serviços muito mais rápidos. Entre eles, estão a abertura, alteração ou encerramento de empresa, ativação de um endereço fiscal, acesso a documentos como IPTU, e muito mais, tudo isso em menos de 24 horas.

“Ao utilizar nossa plataforma, os escritórios se tornam mais competitivos, tanto pela oportunidade de zerar custos nos processos de legalização, quanto por ampliar sua cobertura para todos os estados, sem precisar ampliar ou sobrecarregar o time do escritório. E, ainda mais importante, ganham tempo para focar no resultado mais valioso para o negócio: a conquista e fidelização de clientes”, destaca Grof.

A empresa hoje está disponível em 13 estados e 21 regiões do país, mas pretende estar em todos os estados até o final do ano. E para isso, a empresa quer lançar um suporte de rodada de investimentos, que ajudará a conseguir capital para sua expansão.

Mas as pretensões não param por aí. Também até o final de 2022, a empresa pretende chegar à marca de 300 escritórios de contabilidade e advocacia, além de ajudar mais de 15 mil empresas em sua formalização e destravar mais de 5 mil processos legais.

Para isso, consequentemente, eles precisarão de um quadro maior de colaboradores. Por isso, a startup pretende gerar mais 100 vagas de trabalho ainda este ano.

você pode gostar também

Comentários estão fechados.

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More