Conheça as diferenças entre o Enem impresso e digital

Visto que as provas possuem formatos distintos, elas terão suas diferenças também, como o limite de inscritos, o perfil dos candidatos e o modo de aplicação.

A realização do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) em 2022 contará novamente com a aplicação da sua versão digital. A aplicação da prova ocorrerá nos dias 13 e 20 de novembro. Visto que as provas possuem formatos distintos, elas terão suas diferenças também, como o limite de inscritos, o perfil dos candidatos e o modo de aplicação.

Leia também: Saiba o que você pode fazer com sua nota do Enem 2022

Em comum, as duas possuem 180 questões ao todo, mais uma redação, e serão compostas por 45 questões objetivas de Linguagens, Códigos e suas Tecnologias, 45 de Ciências Humanas, 45 de Matemática e suas Tecnologias e 45 de Ciências da Natureza e suas Tecnologias.

Qual a diferença entre o ENEM digital e impresso?

A principal diferença entre as duas provas está na forma de aplicação. Ao passo que a versão impressa necessita que os estudantes façam a marcação do gabarito nas provas com caneta esferográfica preta, a prova digital é preenchida por meio do computador.

Ademais, as provas poderão ser realizadas em datas distintas. No ano passado, a versão impressa teve sua aplicação nos dias 17 e 24 de janeiro de 2021, enquanto a versão digital foi aplicada nos dias 31 de janeiro e 7 de fevereiro.

Outra diferença é que a inscrição para o Enem digital só pode ser realizada por um público limitado, ao passo que a inscrição para o Enem impresso pode ser realizada por todos.

Como funciona o ENEM digital?

Na versão digital, a prova tem sua aplicação realizada por computadores e os gabaritos são preenchidos digitalmente. As provas digitais podem ainda ganhar ferramentas audiovisuais como vídeos, infográficos, jogos e outros recursos dessa natureza.

Entretanto, segue a mesma política de aplicação, com 180 questões mais uma redação e divididas em dois dias, sendo que durante a aplicação da prova não é possível acessar à internet.

Quem pode fazer o ENEM digital ou impresso em 2022?

  • Impresso:

A versão impressa é a clássica, que não apresenta nenhuma restrição de inscrição, e qualquer indivíduo, ainda que não tenha completado o ensino médio, poderá efetuar a inscrição. A única exigência para efetuar a prova é que o cidadão possua um CPF.

  • Digital:

A versão digital possui um limite para se inscrever, visto que depois que é atingido o número máximo de vagas disponíveis, não é mais possível se inscrever para realizar a prova. Segundo as informações do portal PreparaEnem, as primeiras duas edições digitais contaram com uma oferta de 101.100 vagas.

você pode gostar também

Comentários estão fechados.

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More