CTB: Veja as principais mudanças do código para quem tem CNH

Existem algumas mudanças que vão passar a valer na nova CNH, como limite de pontos na carteira e período de renovação.

O Código de Trânsito Brasileiro (CTB) passou por mudanças no ano passado, com o objetivo de facilitar para os cidadãos brasileiros a obtenção da Carteira Nacional de Habilitação (CNH). Foi possível observar 57 pontos alterados na CTB, sendo que alguns foram amenizados e outros se tornaram mais rigorosos. Por isso, saiba quais são as mudanças do CTB.

Leia mais: CNH: Saiba quem precisa renová-la e até quando deve ser feito

Entenda melhor sobre as mudanças no CTB

A CNH é um documento obrigatório para quem deseja dirigir um veículo no Brasil. A forma para obter esse documento é através da aprovação em todo o processo das auto escolas, o que inclui passar nos exames teóricos e práticos. Dessa forma, depois de obter a licença para dirigir, você precisa prestar atenção no Código de Trânsito Brasileiro para estar sempre dentro da legalidade.

Nesse sentido, para aumentar a facilidade dos motoristas e garantir maior segurança no trânsito, o CTB fez algumas alterações importantes para quem possui CNH. Confira a seguir quais foram elas.

  • Prazo de validade da CNH

Um dos itens que foi alterado diz respeito à prorrogação do prazo de validade da CNH. Antes da mudança, o prazo era de cinco anos, mas, com as novas regras, foi estendido para 10 anos para motoristas de até 50 anos. Os motoristas entre 50 e 69 anos têm um período de revalidação de cinco anos, que também é mais longo do que o anterior. Já no caso dos motoristas de 70 anos ou mais, o prazo de validade é de três anos. Estas alterações são aplicáveis ​​a todos os tipos de motoristas, incluindo profissionais.

  • Exame toxicológico

Outro ponto crítico é o exame toxicológico. Aqueles com menos de 70 anos que se qualificam nas categorias C, D ou E devem realizar este exame no prazo de dois anos e seis meses, independentemente da validade da CNH. E, caso o motorista não compareça para fazer o exame dentro do prazo, será considerado uma infração gravíssima.

  • Sistema de pontuação

Para os motoristas que possuam duas ou mais infrações que sejam consideradas gravíssimas, serão totalizados 20 pontos. No caso de infrações gravíssimas cometidas somente uma vez, o limite será de 30 pontos. Por fim, aqueles que não cometeram infrações gravíssimas poderão ter até 40 pontos.

você pode gostar também

Comentários estão fechados.

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More