Devo usar vírgula antes da conjunção “mas”?

0

A palavra ‘mas’ é uma conjunção adversativa que têm o intuito de ligar orações de uma frase denotando uma oposição ao que foi dito anteriormente, assim como outras conjunções sinônimas: contudo, porém, todavia, entretanto.

Portanto, assim como ocorre com outras conjunções da língua portuguesa, ‘mas’ deve ser seguido de vírgula quando está intercalada dentro de uma frase, veja os exemplo abaixo:

Fui ao parque, mas você não apareceu.
Maria está grávida, mas continua fumando.
Os bombeiros fizeram o possível, mas não conseguiram salvar a casa do incêndio.

‘Mas’ também pode funcionar como um advérbio quando utilizado para reiterar o que já foi dito, no sentido de enfatizar algo. Nesse caso, o uso da vírgula também é obrigatório, veja:

O filme me deixou triste, mas muito triste.

Porém, ‘mas’ ainda pode assumir outras classes gramaticais que não possuem obrigatoriedade a vírgula, como é o caso de quando utilizada como um substantivo ao se referir a um defeito, assim como senão:

Não encontrei um mas em seu artigo, parabéns
Nem mas nem meio mas, vá agora para o banho.

Os médicos fizeram todos os possíveis, mas o paciente não sobreviveu.
Ele é bom aluno, mas tão bom aluno que tem sempre nota máxima nas provas.
Nem mas nem meio mas, faça já o que estou mandando!

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.