Dicas simples para cultivar hibisco

O hibisco é uma planta com lindas flores que são utilizadas em chás medicinais

Por ter flores com cores chamativas e grandes, essa planta é bastante estimada para ornar jardins e áreas externas. No entanto, elas também são procuradas pelos seus benefícios à saúde, sendo consumidas popularmente na forma de infusões ou chás. Pensando nisso, separamos algumas dicas de como cultivar hibisco.

Benefícios do chá de hibisco

O hibisco comumente utilizado para consumo pertence à espécie Hibiscus sabdariffa, caracterizada pelas flores com grandes pétalas de tom vermelho intenso. Essa espécie é totalmente comestível (desde o caule a seus frutos), enquanto outros tipos de hibisco contêm alto níveis de toxinas, não sendo recomendados para consumo.

A planta possui propriedades medicinais, como:

  • Auxiliar na digestão e retenção;
  • Atua na pressão arterial;
  • Antioxidante e anti-inflamatório;
  • Diminui a ansiedade;
  • Preserva a visão.

Isso acontece pois o chá é uma fonte de vitamina A, B e C, magnésio, potássio, ferro, antocianinas e polifenóis.

Sobre o cultivo

Essa planta já está adaptada ao clima tropical do Brasil, portanto, seu cultivo não é trabalhoso. Você pode plantar o hibisco em qualquer época do ano, mas seu desenvolvimento principal acontece no verão e primavera.

Suas raízes podem crescer muito – precisando de bastante espaço para se desenvolver – então dê preferência a planta-la em jardins ou em grandes vasos que atendam a 40cm de profundida e largura.

Quando a terra, ela não é muito exigente e você pode utilizar substrato mais leve, com musgos e pH neutro. No entanto, dê atenção a adubação dessa terra, que deve ser feita a cada 4 meses e tomando cuidado para não sufocar a planta com quantidades grandes de adubo químico.

O hibisco pode ser plantado em áreas externas ou internas, respeitando suas necessidades de bastante luminosidade e áreas quentes. Assim, a planta deve receber pelo menos 8 horas de luz solar direta, todos os dias.

A rega deve ser feita de 3 a 4 vezes na semana e preferencialmente com água em temperatura ambiente, pois essa planta não suporta água (ou clima) fria. Ademais, se atente a drenagem do vaso, que deve fluir bem para não atrapalhar o desenvolvimento do hibisco.

Então, agora que você tem as dicas de como cultivar hibisco, que tal passar essas dicas adiante compartilhando este artigo.

Gostou dessas dicas e que ler mais textos como esse? Basta clicar aqui!

você pode gostar também

Comentários estão fechados.

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More