Dinâmicas para sala de aula do ensino médio

Dinâmicas para o ensino médio melhoram a participação dos estudantes nas aulas e a compreensão do conteúdo.Torne suas aulas mais divertidas e participativas!

0

Aproveite o espírito contestador e agitado dos jovens e organize dinâmicas para as aulas no ensino médio. As atividades melhoram a participação dos estudantes e a compreensão da matéria.

Os alunos acham as aulas chatas? Estão desmotivados e não prestam atenção nas explicações? Confira dicas de dinâmicas  divertidas e descontraídas que podem mudar a disposição da garotada.

1 Desafio de mímica

Desafio de mímica

Divida a sala em dois grupos. Peça para cada equipe escolher um adjetivo ou um substantivo. Um grupo deve escolher um participante para ir até a outra equipe que lhe dirá a palavra, pode ser um animal, um objeto, o tema pode ser de escolha da turma.

E o participante que ouviu a palavra deve ir até o centro da sala, e por meio de mímica, fazer com que seu grupo adivinhe o que é.

Alterne a vez de cada grupo e dê continuação à brincadeira de forma que todos tenham a oportunidade de fazer mímica e ajudar os colegas a vencerem a competição.

Determine tempo para cada exercício de mímica. A equipe que fizer mais acertos ganha o jogo.

2 Feitiço contra o feiticeiro

Feitiço contra o feiticeiro

Peça para que a sala forme um círculo com as carteiras, e solicite que cada pessoa escreva em um pedaço de papel o seu nome e o que o seu vizinho da direita deve fazer. Também peça para não mostrarem para ninguém enquanto estiverem escrevendo, para cada atividade ser uma surpresa.

Recolha as tiras de papel e as guarde em um recipiente.

Em seguida você deve avisar que o ‘feitiço virou contra o feiticeiro”, e cada um deverá fazer na frente da turma o que propôs que o outro fizesse.

Ao fim do exercício você pode lembrar que a vida é cheia de surpresas e nunca devemos desejar aos outros o que não queremos para nós mesmos.

3 Abrigo Subterrâneo

Abrigo Subterrâneo

Divida o grupo em 5 equipes e escreva no quadro a seguinte mensagem:

Sua cidade está sendo ameaçada por  um bombardeio e você recebe a ordem de que deverá acomodar em um abrigo subterrâneo apenas 6 pessoas, entretanto há 12 na lista de necessitados que precisam de acolhimento.

A equipe deve escolher entre:

( ) violinista, 40 anos,viciado

( ) advogado, 25 anos

( ) a mulher do advogado,24 anos, que acaba de sair do manicômio. Ambos preferem ou ficar juntos no abrigo ou fora dele

( ) sacerdote,75 anos

( )  prostituta, com 37 anos

( ) ateu, 20 anos, autor de vários assassinatos

( ) universitária,19 anos, que fez voto de castidade

( ) físico 28 anos,que só aceita entrar no abrigo se puder levar consigo e sua arma

( ) um declamador fanático, 21 anos, baixo QI

( ) homossexual,47 anos geólogo

( ) débil mental, 32 anos,que sofre de ataques epiléticos

( ) menina,12 anos,baixo QI

Determine um limite de tempo, 20 minutos no máximo,  para que cada grupo faça sua escolha. Os estudantes devem apresentar o que decidiram e dizerem os motivos das escolhas e quais foram os critérios de eliminação.

Também podem dizer quais como se sentiram decidindo quem continua vivo e quem vai morrer sendo questionados sobre conceitos, valores morais e preconceitos.

4 Conhecendo os colegas

Conhecendo os colegas

Para a dinâmica você vai precisar de um objeto pequeno.

Faça a sala formar um círculo e peça para que a primeira pessoa com o objeto na mão diga o nome e uma informação sobre ela. Pode ser o lugar onde vive, o que gosta de comer, alguma atividade favorita… Todos da roda devem pegar o objeto e dizerem algo sobre si.

Quando todo mundo tiver falado, faça uma segunda rodada, porém, quem estiver com o objeto na mão deve tentar se lembrar e dizer a informação que o colega do lado informou no início do jogo.   

A atividade chama a atenção para a importância de se ouvir o que o outro fala, ao invés de se preocupar unicamente com o que se deve dizer.

5 Prós e contras

Prós e contras

Sorteie um tema polêmico que esteja em abordagem pela mídia. Peça aos estudantes para formar um círculo com as carteiras e se separar em três grupos, um que será a favor, outro contra a questão e um grupo  juiz que determinará a equipe vencedora.

Dê um tempo pequeno  para que as equipes construam as discussões em uma folha, cerca de 10 a 15 minutos. Porém, no momento da apresentação, peça para que troquem os papéis e defenda os pontos pensados pelo outro grupo para os juízes.

A equipe mais bem votada pelo júri ganha a competição.

Proponha mais de um desafio e tema em uma mesma atividade para que o grupo que julga também possa formular argumentos e participar ativamente da brincadeira.

6 Invenção de história coletiva

Invenção de história coletiva

Solicite que todos sentem-se no chão e façam um círculo. Diga uma frase qualquer e peça para que um aluno invente um trecho de continuação para o que você disse. Outro estudante deve completar a fala dele e assim sucessivamente, e vão construindo uma história em conjunto.

A mesma atividade pode ser proposta apenas completando palavras com sinônimos.

7 Música e Teatro

Música e Teatro

Abra espaço na sala, colocando todos as carteiras em roda, cada estudante deve dizer um trecho da música que gosta. Sorteie alguém para começar a brincadeira dizendo que deve inventar e apresentar no centro do círculo alguma situação em que caiba o trecho da canção.

Um próximo estudante precisa encaixar na situação, enquanto ainda o colega está falando a parte da música que escolheu e assim deve ocorrer com os demais estudantes seguidamente.

A atividade pode aguçar a criatividade e o raciocínio rápido da turma, gera boas gargalhadas, e motiva a interação da classe.

8 Dinâmica do Interrogatório

Dinâmica do Interrogatório

O professor escolherá um aluno pra fazer o papel do interrogado. Ele não pode utilizar as palavras  NÃO, SIM e PORQUE em seus argumentos.

Os colegas  deverão fazer perguntas que induzam o interrogado a falar as palavras proibidas, se ele citar as palavras deve pagar uma prenda de escolha do grupo.  Em seguida passa a vez a outro colega.

9 Sorriso Milionário 

Sorriso Milionário 

Boa dinâmica para quando falta poucos minutos para o final da aula e se quer matar tempo, ou para a última aula antes das férias.

Você deve pedir para que cada aluno forme cinco bolas de papel. Pode usar os papéis usados que foram jogados na lixeirinha da sala.

As bolinhas devem estar dispersas na sala.  Dado o sinal, os alunos deverão desafiar os outros olhando fixamente  nos olhos e a pessoa não pode sorrir ou piscar.

A cada vitória de um participante, ele ganha uma bolinha de papel. Ao final do jogo, quem tiver mais bolinhas vence a competição. Se houver empate, os alunos devem disputar entre si, até que haja um vencedor.

10 O abismo

O abismo

Abra um espaço grande na sala e utilizando uma fita crepe, marque no chão  duas faixas paralelas próximas que representarão um abismo. Peça para que todos os alunos fiquem de um lado só do abismo e explique que eles deverão atravessá-lo de formas diferentes, sendo que não se pode repetir nenhuma maneira já usada anteriormente.

Os estudantes podem se ajudar entre si no desafio e dar sugestões uns para os outros.

A atividade fica muito interessante quando as ideias sobre como atravessar o abismo vão  acabando e a ajuda do grupo se torna essencial para o sucesso de um colega.

No desfecho do exercício você pode perguntar qual foi a sensação daqueles que ficaram para trás? Como se sentiram com ajuda dos colegas na travessia e como os que auxiliaram se sentiram.

11 Verdade ou consequência – Teste o conteúdo das aulas

Verdade ou consequência – Teste o conteúdo das aulas

Os estudantes devem se sentar no chão e fazer um círculo. Coloque uma garrafa no centro da roda. Ao seu sinal, alguém sorteado gira a garrafa. Para quem o bico dela ficar apontando deve responder se escolhe verdade ou consequência.

Se o estudante escolher verdade,  a pessoa, para quem o fundo da garrafa ficou apontando deve dirigir a ela uma pergunta a respeito do conteúdo da disciplina.

Se a pessoa do bico da garrafa escolher consequência, ou errar a resposta da pergunta, deverá pagar uma prenda de escolha do questionador.

12 Amigo secreto – Dê de presente algo feito por você

Amigo secreto – Dê de presente algo feito por você

Escreva em pedaços de papel o nome dos estudantes e os coloque dentro de um recipiente, em seguida peça para que cada aluno pegue um papelzinho, e não mostrar para ninguém. Caso um estudante pegue o seu próprio nome ele deve sortear outro papel.

Em uma data marcada os participantes devem revelar o amigo que foi sorteado e dar de presente algo feito por ele. Pode ser um colar, anel, croché, origami… onde a imaginação e as habilidades de cada um permitir.

A atividade de descontração tem o objetivo de preservar a amizade e é ótima para aulas próximas ao Natal.

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.