Dislexia – O que é, significado, sintomas, tratamento, cura, tipos, filme

A dislexia é um transtorno genético que se manifesta através da dificuldade em ler e escrever. Geralmente, o distúrbio é identificado na infância. Mas, podem existir casos de diagnóstico em adolescentes ou adultos.

0

O que é dislexia? A dislexia é um transtorno de aprendizagem que dificulta, principalmente, a realização da leitura e da escrita.

Por razões ainda desconhecidas, as pessoas com o distúrbio possuem dificuldades para ordenar as letras. Por isso, não relacionam as sílabas formadas com os sons corretos.

Os maiores índices, são em meninos, com a taxa de três para uma menina. O diagnóstico costuma ser feito na infância, enquanto a criança está na fase de alfabetização. Porém, podem existir casos de pessoas diagnosticadas somente na adolescência ou fase adulta.

O tratamento da dislexia é de grande importância, considerando que o transtorno pode limitar o indivíduo nos estudos, na carreira e em casos mais extremos, gerar depressão.

Tipos de dislexia

Existem três tipos de dislexia. Estes são:

Dislexia auditiva ou disfonética: esse tipo de dislexia acontece por conta da carência na percepção de sons. Isso dificulta na fala e consequentemente na escrita;

Dislexia visual ou diseidética: nesse caso, a pessoa possui dificuldade em diferenciar os lados direito e esquerdo. Além de existir erros na interpretação e má visualização das palavras;

Dislexia mista: Nesse caso, a pessoa possui mais de um tipo de dislexia. É bem provável que a pessoa com esse tipo de dislexia possua dificuldades visuais e auditivas ao mesmo tempo.

Sintomas de dislexia

Os sintomas de dislexia são:

  • Erros ortográficos constantes;
  • Leitura lenta;
  • Dificuldade para associar letras e sons;
  • Inverter ou pular sílabas;
  • Confundir palavras parecidas (pão e mão, por exemplo);
  • Trocar letras com sons parecidos (como “v”, “b” e “p”, por exemplo);
  • Dificuldades de fala.

Diagnóstico de dislexia

O diagnóstico da dislexia é feito por neurologistas, fonoaudiólogos e psicólogos. Geralmente, a faixa etária é entre os 8 e 9 anos de idade. O especialista detecta qual o tipo de dislexia e se existem outros distúrbios, como o Déficit de Atenção e Hiperatividade (TDAH).

Oficialmente, o resultado só é definido quando acontecem os testes de audição, visão, fluência verbal e desempenho cognitivo.

Cura de dislexia

A dislexia não tem cura. Porém, se a pessoa tiver um acompanhamento profissional desde cedo, consegue levar uma vida normal. Profissionais como fonoaudiólogo e psicólogo são de extrema importância, pois criam estratégias para superar as dificuldades e barreiras.

Além disso, a terapia também se faz importante, pois auxilia a evitar possíveis crises de autoestima.

Um traço marcante das pessoas com dislexia, é a criatividade. Por isso, os pais, desde cedo podem estimular o filho a fazer pinturas, tocar instrumentos musicais e até mesmo praticar esportes.

Hoje em dia, com a modernização, novos softwares foram planejados para treinar a leitura e escrita. Ainda mais, existem audiobooks, que permitem a associação das letras com os sons.

Filme sobre dislexia: “Como estrelas na Terra”

Como estrelas na Terra
Cena do filme Como estrelas na Terra

O filme “como estrelas na Terra”, aborda o tema dislexia. O longa gira em torno de um menino de nove anos, chamado Ishaan. O garoto vive isolado e não possui muitos amigos. Por isso, não vai bem na escola.

Seu irmão, ao contrário, é muito comunicativo. Então, os pais, por não verem evolução em Ishaan, o mandam para um internato. A intenção era que ele se desenvolvesse melhor com disciplinas mais rígidas.

Mas, não houve avanços. Até que Nikumbh aparece e descobre que o menino possui dislexia.

Veja também: Dislalia: Um dos transtornos de linguagem mais comuns

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.