O que foi a Ditadura Salazarista em Portugal?

Confira um resumo sobre o período, associando os acontecimentos às causas, contexto histórico, revoluções, características e o fim do regime.

0

A Crise de 29, depressão econômica mundial ocasionada quebra da bolsa de valores de Nova Iorque naquele ano instaurou quadro de altas inflações, desemprego e carestia em todo o mundo. A grave situação favoreceu a ascensão de governos fascistas e ditatoriais em vários países.

Seus líderes usavam de discursos populistas, alegando que as nações só poderiam sair da difícil situação em que se encontravam nas mãos de um governo forte e centralizador. Com isso, subiram ao poder ditadores como Mussolini (Itália), Hitler (Alemanha), Franco (Espanha) e Salazar (Portugal).

António de Oliveira Salazar
António de Oliveira Salazar

No caso de Portugal, o caminho começou a ser trilhado quando António de Oliveira Salazar se assumiu como chefe de governo, ou Primeiro Ministro, em 1932. Seu governo, conhecido como ditadura salazarista, durou até o ano de 1968.

Como começou a ditadura salazarista?

O Salazarismo foi inaugurado em 28 de maio de 1926, por meio de um golpe de estado articulado pelos militares. Com isso, o chamado Estado Novo deu fim ao liberalismo em Portugal, inaugurando um período marcado pelo corporativismo e o anticomunismo.

Durante esse período, o presidente era eleito por sete anos e indicava o Presidente do Conselho de Ministros. Porém, o cargo foi ocupado, apenas, por Salazar que se afastou dele por motivos de doença.

Quando estava no poder, centralizava os poderes executivo e legislativo, chegando a acumular ministérios como o das Colônias e o da Guerra. Proibia greves, partidos políticos e implantou o sistema do modelo unipartidário.

Quais as características do governo Salazar?

  • Medidas antidemocráticas, econômicas nacionalistas
  • Programas econômicos que estabilizaram a economia do país e promoveram a geração de empregos
  • Caráter fascistas com a consolidação do Estado Novo
  • Censura implantada em várias áreas da sociedade, como imprensa, religião, cultura, comportamento e política
  • Perseguição aos opositores
  • Autoritarismo cerceando liberdades democráticas
  • Controle dos meios de comunicação
  • Ideologia inspirada no fascismo, integralismo lusitano e doutrina social da igreja
  • Nacionalismo e tradicionalismo
  • Colonialismo
  • Anticomunismo e antiparlamentarismo

O fim da ditadura Salazarista

A ditadura salazarista chegou ao fim em 1968, quando seu líder passou o poder para Marcelo Caetano por problemas de saúde. Seu sucesso seguiu com o estilo de governo até 1974 quando a Revolução dos Cravos, movimento democrático popular, eclodiu no país.

Com isso, os revoltosos pôs fim a um sistema que durou 42 anos, fazendo com que o país voltasse a trilhar os caminhos da democracia.

PUBLICIDADE

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.