Energia eólica – o que é, principais parques eólicos no Brasil e localidades

A energia eólica corresponde a 10% da matriz energética brasileira, há 520 parques eólicos instalados no país, 80% deles estão no Nordeste.

0

De acordo com dados de 2017, a energia eólica já abastece cerca de 22 milhões de residências por mês no Brasil, o que corresponde a 10% da matriz energética brasileira. São mais de 520 parques eólicos no país, o que totaliza 13 GW de capacidade instalada.

Atualmente 80% dos parques eólicos estão instalados na região Nordeste, sendo o Rio Grande do Norte e a Bahia os maiores Estados produtores.

Os dados divulgados em junho pela Associação Brasileira de Energia Eólica (ABEEólica) indicam que a energia produzida a partir da força do vento é a segunda maior fonte brasileira ficando atrás somente da hidrelétrica e superando a produção conjunta das termelétricas e usinas de biomassa.

Em 2017, houve um crescimento no setor eólico de 26,2% em comparação ao ano anterior, o que totaliza em 67 milhões de pessoas recebendo em suas casas energia limpa e sustentável.

O investimento do país nesse tipo de energia foi R$ 11,4 bilhões. Cálculos da associação apontam que o total de emissões evitadas pela produção eólica é de 20,97 milhões de toneladas de CO2 por ano, o equivale a emissão de cerca de 16 milhões de automóveis – pouco menos do que a frota total de veículos do Estado de São Paulo.

O pico da geração eólica acontece entre os meses de agosto e setembro, período conhecido como “safra dos ventos”.

O que é um Parque Eólico?

No parque eólico ou usina eólica, que pode estar em terra ou no mar, são instalados aerogeradores, que são turbinas capazes de converter a força dos ventos, energia cinética, em energia elétrica.

A construção de um parque eólico deve considerar várias questões como a sua localização, pois se estiver em área de migrações de aves, por exemplo, pode acarretar na morte em massa desses animais.

No Brasil para que se possa construir um parque eólico é necessário a realização de um Estudo e Relatório de Impacto Ambiental (EIA/RIMA). O estudo considera entre outras coisas a poluição que sonora que o parque pode gerar, pois as hélices dos aerogeradores produzem muito zumbido.

Principais parques eólicos no Brasil:

 

  • Parque Eólico Giribatu

Localização: Santa Vitória do Palmar (RS)

Capacidade instalada: 258 MW

 

  • Complexo Eólico do Alto do Sertão I

Localização: Caetité, Guanambi e Igaporã (BA)

Capacidade instalada: 293,6 MW

 

  • Parque Eólico de Osório

Localização: Osório (RS)

Capacidade instalada: 300 MW

 

  • Complexo Eólico Desenvix Bahia

Localização: Macaúbas, Novo Horizonte e Seabra (BA)

Capacidade instalada: 95,2 MW

 

  • Parque Eólico Sangradouro

Localização: Arroio Sangradouro (RS)

Capacidade instalada: 50 MW

 

  • Parque Eólico Elebrás Cidreira 1

Localização: Tramandaí (RS)

Capacidade instalada: 70 MW

 

  • Parque Eólico Enacel

Localização: Aracati (CE)

Capacidade instalada: 31,5 MW

 

  • Parque Eólico Giruá

Localização: Giruá (RS)

Capacidade instalada: 11 MW

 

  • Parque Eólico Beberibe

Localização: Beberibe (CE)

Capacidade instalada: 25,6 MW

 

  •  Parque Eólico Cabeço Preto

Localização: João Câmara (RN)

Capacidade instalada: 19,8 MW

 

  •  Parque Eólico Lanchina

Localização: Tenente Laurentino Cruz (RN)

Capacidade instalada: 28 MW

 

  • Complexo Eólico Calango

Localização: Bodó (RN)

Capacidade instalada: 150 MW

 

  •  Parque Eólico Volta de Rio

Localização: Acaraú (CE)

Capacidade instalada: 42,4 MW

 

  • Parque Eólico Bons Ventos

Localização: Aracati (CE)

Capacidade instalada: 50 MW

 

  •   Parque Eólico de Praia Formosa

Localização: Camocim (CE)

Capacidade instalada: 104,4 MW

PUBLICIDADE

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.