Estudo indica que cerveja faz bem para a saúde e não dá barriga

Pesquisa vem dando o que falar entre os amantes da bebida e nutricionistas. Saiba mais.

Quem precisa emagrecer ou ganhar massa muscular, durante o processo, escuta bastante que ingerir álcool só vai atrapalhar seu objetivo. Porém, segundo pesquisadores italianos, esse hábito pode não ser tão prejudicial assim. Inclusive, segundo a pesquisa, cerveja pode fazer bem para saúde e não dá gordura. Porém, alguns cuidados ainda são necessários.

Leia mais: Cerveja artesanal: Conheça os benefícios desta bebida graças à sua produção natural

O que dizem os pesquisadores?

Basicamente, os pesquisadores da AssoBirra (Associação Italiana de Malte e Cervejeiros) alegam que a cerveja não engorda e pode até trazer alguns benefícios para nossa saúde. Nesse caso, eles consideraram doses moderadas da bebida, assumindo que quantidades excessivas podem aumentar os riscos de desenvolvimento de algumas doenças, especialmente no fígado e rins.

Logo, segundo as pesquisas, o consumo de uma cerveja como acompanhamento durante o almoço pode ter alguns impactos positivos. Entre eles, a absorção de nutrientes, como minerais (potássio, magnésio) e microelementos (zinco, selênio e vitaminas hidrossolúveis). Essas substâncias são excelentes para regular os níveis de humor e melhorar a absorção de outros nutrientes.

Por que a cerveja não engorda?

Em geral, por ser uma bebida composta em 90% por água, um copo de cerveja contém pouquíssimas calorias, não chegando a nem mesmo 100 delas. Dessa forma, é capaz de fornecer algumas substâncias muito úteis e nutritivas para o nosso organismo, até mesmo proporcionando energia para atividades diárias.

Portanto, as cervejas possuem um valor calórico quase irrelevante para algumas dietas de emagrecimento. Muitas vezes, um copo de cerveja tem menos calorias que duas fatias de pão

Ademais, como possuem muitas fibras, podem ajudar bastante o nosso intestino a desempenhar suas funções corretamente. Ainda assim, além da recomendação de consumo moderado, alguns tipos das “amarelinhas” também são mais indicados, como as sem álcool, mediterrâneas e artesanais.

No final, apesar dos indicativos de que elas não fazem tão mal quanto o mito popular diz, ainda é necessário procurar um nutricionista. Afinal, um especialista poderá calcular uma dieta específica para que as cervejas possam ser incluídas e você ainda possa queimar gordura.

você pode gostar também

Comentários estão fechados.

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More