Psicobióticos: o futuro do tratamento de problemas de ansiedade

Novo tratamento apresenta resultados interessantes.

Ansiedade, depressão e estresse: três palavras que causam receio e estão cada dia mais presentes nas vidas dos brasileiros. Apesar desses quadros clínicos terem uma motivação única para cada pessoa, todos eles estão ligados a problemas nos neurotransmissores.

Estudando esse elemento, cientistas brasileiros descobriram a ligação do cérebro com outras partes do corpo que podem ser a chave para o tratamento desses casos. Neste artigo, abordaremos um pouco mais sobre os mistérios da mente e quais as descobertas mais recentes desse campo de pesquisa. Você tem curiosidade por esse assunto? Então, confira esta matéria na íntegra e fique por dentro. Boa leitura!

Veja mais: Alimentação equilibrada pode ajudar a controlar a ansiedade

Corpo humano: a máquina perfeita

Engana-se quem pensa que um órgão tem influência em apenas uma parte do corpo. O corpo humano é extremamente complexo, e casos que parecem completamente independentes em um primeiro olhar podem estar correlacionados. Esse é o caso do Sistema Digestório, que, durante a sua atuação, tem impacto sobre outras partes do corpo, como o cérebro. Dessa forma, é possível dizer que a saúde do Sistema Nervoso depende profundamente do bom funcionamento do Sistema Digestório.

Como o Sistema Digestório influencia o cérebro?

No Sistema Digestório, principalmente no intestino, existe um elemento super interessante: a microbiota, conjunto de bactérias benéficas para a saúde. O problema é que, quando essa microbiota não está funcionando perfeitamente, ela gera inflamações no corpo, o que acaba estimulando o corpo a combatê-la. Assim, esse passa a ser o foco do cérebro, desestabilizando transmissores essenciais como a serotonina, responsável pelo bem-estar do indivíduo. Assim, a falta de serotonina leva a alterações de humor frequentes atreladas com problemas de estresse e ansiedade.

Como melhorar o funcionamento da microbiota?

Caso você sinta que a sua microbiota está enfrentando problemas, ou então você deseja preveni-los, é bem simples resolver essa questão. Para isso, basta aumentar o consumo de psicobióticos, produtos ricos em bactérias boas para a microbiota. Veja alguns exemplos abaixo:

  • iogurte;
  • maçã;
  • kefir;
  • banana;
  • alho;
  • alcachofra.

Com um consumo equilibrado desses alimentos e a prática de exercícios físicos, gradativamente, o seu corpo começará a sentir os efeitos positivos dessas medidas.

você pode gostar também

Comentários estão fechados.

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More