Infecção – O que é, agentes infecciosos, transmissão, exemplos, doenças

A infecção é causada a partir da penetração e desenvolvimento de agentes externos como vírus e bactérias, parasitas ou fungos.

PUBLICIDADE

Causada por agentes externos como vírus e bactérias, parasitas ou fungos, a infecção é uma das doenças que costumam aparecer com frequência na vida dos indivíduos principalmente em função do seu fácil contágio.

O que é infecção?

A infecção se dá no momento em que há a penetração e desenvolvimento ou multiplicação de um agente infeccioso (bactérias, vírus e parasitas) no organismo do homem ou de outro animal.

PUBLICIDADE

Todavia, vale lembrar que possuímos micro-organismos em nosso corpo. Por exemplo, há bactérias que normalmente vivem na boca e no intestino e não são consideradas infecções.

Ela pode aparecer de duas maneiras: localizada ou sistêmica (espalhada pelo sangue ou vasos linfáticos).

Agentes infecciosos

PUBLICIDADE

Os agentes infecciosos são os organismos capazes de gerar doenças infecciosas ou infecções.

Entre os principais agentes infecciosos, citamos:

  • Vírus;
  • Bactérias;
  • Fungos;
  • Protozoários.

PUBLICIDADE

Esses organismos costumam entrar no organismo, fixar-se nele e se disseminar. Em muitos casos há a formação de colônias de agentes patógenos com um crescimento desenfreado, de modo que a prejudicar a atuação do sistema imunitário na hora do combate.

Formas de transmissão

A infecção pode ser transmitida de duas maneiras: direta ou indireta.

Transmissão direta: Pode acontecer sem a necessidade de um veículo para o agente infeccioso, a transmissão direta pode ocorrer por meio de contato físico direto ou por contato com secreção de outro indivíduo.

PUBLICIDADE

Transmissão indireta: A partir de um veículo de transmissão, o agente pode ser transmitido a partir de objetos e materiais contaminados ou ainda por meio de um vetor.

Exemplos de doenças infecciosas:

Ao adentrar no organismo humano, é possível que o agente infeccioso não cause nenhuma manifestação. Esse caso é caracterizado por uma infecção assintomática.

Por outro lado, manifestações clínicas também podem ser o resultado da entrada desses agentes. Entre o período de infecção até o início dos sintomas é chamado de período de incubação.

Alguns exemplos de doenças infecciosas são:

  • Caxumba;
  • Cólera;
  • Dengue;
  • Esquistossomose;
  • Febre amarela;
  • Gripe;
  • Leptospirose;
  • Malária;
  • Sarampo;
  • Tétano;
  • Varicela.

Infecção hospitalar

Uma das mais temidas infecções é a infecção hospitalar. Esta se dá após a internação de um paciente, que por sua vez, manifesta sintomas durante a própria internação ou ao receber alta.

Por estar em uma situação em que há uma baixa imunidade, as infecções hospitalares estão comumente associadas a micro-organismos que geralmente não causariam doença no hospedeiro, mas entram facilmente em organismos com uma menor resistência.

A origem da infecção hospitalar é principalmente relacionada com a internação ou procedimentos hospitalares. Assim, faz-se necessário um ambiente limpo e com cuidados que evitem contaminação.

Pode-se adotar medidas que evitem esse tipo de episódio, como:

  • Lavar adequadamente as mãos;
  • Usar equipamentos de proteção individual;
  • Descontaminar objetos e superfícies.

Além da infecção hospitalar, várias outras doenças podem ser causadas pela falta de higiene.

Diferença entre infecção e inflamação

Um ponto muito importante a ser lembrado é a diferença entre infecção e inflamação, que são muitas vezes associadas erroneamente como sinônimos.

A infecção está ligada ao desenvolvimento ou multiplicação de um agente infeccioso, enquanto a inflamação é uma reação do organismo a uma infecção ou lesão dos tecidos.

Infecção generalizada

Quando há uma desregulação da resposta inflamatória normal, há a liberação maciça e descontrolada de mediadores infamatórios, que gera uma cadeia de eventos que levam à lesão tecidual, o que caracteriza uma infecção generalizada.

Assim, pode-se dizer que infecção generalizada é uma síndrome clínica oriunda de complicações de infecções graves.

Veja também: As Doenças Que Mais Matam No Mundo

PUBLICIDADE

você pode gostar também

Os comentários estão fechados, mas trackbacks E pingbacks estão abertos.

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More