Os principais IF’s que aceitam o ingresso pelo Enem

Instituições de educação tecnológica, também, aceitam o Enem/SiSU como forma de ingresso em todo o Brasil. Confira a lista atualizada!

0

Na hora de optar pelo curso, acabam como excelentes opções por oferecer menos tempo de estudo e formação voltada para o mercado de trabalho.

A boa notícia é que os IF’s, também, aceitam o SiSU como forma de ingresso.

Confira, abaixo, como é o sistema para as principais instituições do país.

Como usar a nota do Enem para entrar no IF?

Você pode usar sua nota no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) para entrar em um Instituto Federal das seguintes formas:

  • SiSU: o Sistema de Seleção Unificada usa a nota do Enem para classificar os candidatos na disputa  por uma vaga na universidade. As oportunidades são exclusivas para universidades públicas e não exige limite de renda.
  • Complementação do Vestibular: algumas instituições usam a nota do Enem para complementar o desempenho obtido no vestibular tradicional.
  • Enem: outras instituições adotam o Enem como forma direta para ingresso. Aqui, as regras variam para cada universidade.

Confira, abaixo, uma lista dos IF’s que incluem ou adotam, por completo, o SiSU como forma de ingresso.

Lista dos Institutos Federais

REGIÃO CENTRO-OESTE

Instituto Federal de Goiás (IFG)
Todas as vagas são preenchidas pelo Enem/SiSU, com exceção dos cursos que exigem prova de aptidão.

Instituto Federal Goiano (IF Goiano)
Todas as vagas são preenchidas pelo Enem, sendo 70% via vestibular e 30% via SiSU. Notas de corte

Instituto Federal do Mato Grosso (IFMT)
Disponibiliza parte das vagas para ingresso pelo Enem/SiSU e o restante pelo processo seletivo próprio. Notas de corte

Instituto Federal do Mato Grosso do Sul (IFMS)
Todas as vagas da graduação são preenchidas pelo Enem/SiSU. Há, também, oportunidades por transferência e portadores de diploma. Notas de corte

Instituto Federal de Brasília (IFB)
A instituição preenche todas as vagas pelo Enem/SISU. No segundo semestre, são abertas vagas para transferência e portador de diploma. Notas de corte

REGIÃO NORDESTE

Instituto Federal de Alagoas (IFAL)
Todas as vagas são preenchidas pelo Enem/SiSU. Notas de corte

Instituto Federal da Bahia (IFBA)
Todas as vagas são preenchidas pelo Enem/SiSU. Notas de corte

Instituto Federal do Ceará (IFCE)
A única forma de ingresso é pelo Enem/SiSU. Notas de corte

Instituto Federal do Maranhão (IFMA)
Todas as vagas são preenchidas pelo Enem/SiSU. Notas de corte

Instituto Federal da Paraíba (IFPB)
Todas as vagas são preenchidas pelo Enem/SiSU. Notas de corte

Instituto Federal de Pernambuco (IFPE)
As vagas do 2º semestre são preenchidas pelo Enem/SiSU. A instituição, também, seleciona por vestibular tradicional.

Instituto Federal do Sertão Pernambucano (IFSertão)
Todas as vagas dos cursos superiores são preenchidas pelo Enem/SiSU. Notas de corte

Instituto Federal do Piauí (IFPI)
Todas as vagas são preenchidas pelo Enem/SiSU. Notas de corte

Instituto Federal do Rio Grande do Norte (IFRN)
Todas as vagas são preenchidas pelo Enem/SiSU. Notas de corte

Instituto Federal de Sergipe (IFS)
A instituição preenche vagas tanto pelo Sisu quanto por vestibular tradicional. A quantidade permitida para cada modalidade depende do curso pretendido. Notas de corte

REGIÃO NORTE

Instituto Federal do Acre (IFAC)
Todas as vagas são preenchidas pelo Enem/SiSU.

Instituto Federal do Amazonas (IFAM)
O preenchimento de 20% das vagas pelo Enem/SiSU enquanto o restante é provido pelo vestibular. Notas de corte

Instituto Federal do Amapá (IFAP)
Todas as vagas são preenchidas pelo Enem/SiSU. Notas de corte

Instituto Federal do Pará (IFPA)
Todas as vagas são preenchidas pelo Enem/SiSU.

Instituto Federal de Rondônia (IFRO)
O instituto divide o ingresso nas vagas entre processo seletivo e Enem/Sisu.

Instituto Federal de Roraima (IFRR)
O ingresso pode ser feito pelo processo seletivo (vestibular) ou Enem/Sisu.

Instituto Federal do Tocantins (IFTO)
Parte das vagas da instituição pode ser preenchida pelo Enem/SiSU

REGIÃO SUDESTE

Instituto Federal do Espírito Santo (IFES)
Todas as vagas são preenchidas pelo Enem/SiSU.

Instituto Federal do Sudeste de Minas Gerais (IF Sudeste MG)
O instituto divide o ingresso nas vagas entre processo seletivo e Enem/SiSU. Notas de corte

Instituto Federal do Sul de Minas (IF Sul de Minas)
Divide as vagas para ingresso através do Enem/SiSU e vestibular.

Instituto Federal de Minas Gerais (IFMG)
O ingresso será feito pelo Sisu (50% das vagas) e pela maior nota do Enem (50% das vagas) do período indicado anualmente. Notas de corte

Instituto Federal do Norte de Minas Gerais (IFNMG)
A instituição seleciona alunos pelo processo seletivo, vestibular e SiSU. Notas de corte

Instituto Federal do Triângulo Mineiro (IFTM)
Todas as vagas são preenchidas pelo Enem/SiSU. Notas de corte

Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais (Cefet MG)
Todas as vagas são preenchidas pelo Enem/SiSU.

Instituto Federal de São Paulo (IFSP)
Todas as vagas são preenchidas pelo Enem/SiSU.

Instituto Federal Fluminense (IFF)
O ingresso nos cursos superiores pode se dar pelo SiSU e Vestibular. Notas de corte

Instituto Federal do Rio de Janeiro (IFRJ)
Todas as vagas são preenchidas pelo Enem/SiSU.

REGIÃO SUL

Instituto Federal do Paraná (IFPR)
Todas as vagas são preenchidas pelo Enem/SiSU.

Instituto Federal Sul-rio-grandense (IFSul)
O ingresso pode ser feito pelo Enem/SiSU e vestibular tradicional. Notas de corte

Instituto Federal do Rio Grande do Sul (IFRS)
Para a seleção de candidatos aos cursos superiores, é utilizado o Sistema de Seleção Unificada SiSU e Processo Seletivo próprio.

Instituto Federal Farroupilha (IF Farroupilha)
Todas as vagas são preenchidas pelo Enem/SiSU.

Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC)
Adota o Enem/SiSU e vestibular como formas de ingresso. Notas de corte

Instituto Federal Catarinense (IFC)
Todas as vagas são preenchidas pelo Enem/SiSU.

PUBLICIDADE

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.