Lítio

O lítio, suas ligas e compostos têm uma ampla gama de aplicações, principalmente na área de tecnologia.

0

Lítio (símbolo químico Li, número atômico 3) é o elemento químico sólido mais leve e um membro do grupo de elementos conhecidos como metais alcalinos. É inflamável, corrosivo para a pele e reage prontamente com a água e o ar.

Tabela Periódica - Lítio

O lítio puro é de cor branca suave e prateada, mas fica manchado rapidamente. É um dos quatro elementos teorizados que foram criados nos primeiros três minutos da origem do universo, através de um processo chamado “nucleossíntese do Big Bang”.

História

Perto do final dos anos 1700, o cientista brasileiro José Bonifácio de Andrada e Silva descobriu a petalita mineral contendo lítio em uma viagem à Suécia. Quando Johan Arfvedson analisou um minério de petalita em 1817, ele descobriu o lítio.

Em 1818, Christian Gmelin foi o primeiro a observar que os sais de lítio têm uma cor vermelho brilhante quando são mantidos em chamas. Tanto Arfvedson quanto Gmelin tentaram isolar o elemento de seus sais, mas falharam.

O elemento não foi isolado até que William Thomas Brande e Sir Humphry Davy mais tarde realizaram eletrólise em um óxido de lítio em 1818. Robert Bunsen e Matiessen isolaram maiores quantidades do metal por eletrólise de cloreto de lítio em 1855. A produção comercial do metal lítio foi alcançada em 1923 por uma empresa alemã (Metallgesellschaft), através da eletrólise do cloreto de lítio fundido e do cloreto de potássio.

O nome “lítio” (do grego lithos, que significa “pedra”) foi escolhido aparentemente porque foi descoberto a partir de um mineral, enquanto outros metais alcalinos comuns foram descobertos a partir do tecido vegetal.

Para quê serve?

O lítio, suas ligas e compostos têm uma ampla gama de aplicações. Por exemplo, o lítio é usado em baterias recarregáveis ​​especializadas, ligas para peças de aeronaves e aparelhos como torradeiras e fornos de microondas.

O niobato de lítio é usado em telefones celulares, o estearato de lítio é um lubrificante de alta temperatura, o hidróxido de lítio é um eficiente purificador de ar e o cloreto de lítio e o brometo são usados ​​como dessecantes. Além disso, os sais de lítio são usados ​​em drogas estabilizadoras de humor.

Características

O lítio lidera a família de elementos conhecidos como “metais alcalinos” no grupo 1 da tabela periódica. Dois elementos bem conhecidos neste grupo são o sódio e o potássio. O lítio também está no início do período 2, localizado logo antes do berílio. O número atômico do lítio é 3, que o coloca logo após o hélio (número atômico 2). Assim, o lítio é o elemento metálico mais leve.

Como todos os outros metais alcalinos, o lítio tem um único elétron em sua camada mais externa, e pode facilmente perder esse elétron para se tornar um íon positivo. Por essa razão, o lítio reage prontamente com a água e não ocorre livremente na natureza. No entanto, é menos reativo que o sódio.

O lítio é macio o suficiente para ser cortado com uma faca, embora isso seja significativamente mais difícil de fazer do que cortar sódio. O metal fresco tem uma cor prateada, mas rapidamente escurece em contato com o ar.

Em sua forma pura, o lítio é altamente inflamável e levemente explosivo quando exposto à água e ao ar. É o único metal que reage com nitrogênio à temperatura ambiente. Incêndios relacionados ao lítio são difíceis de extinguir, exigindo produtos químicos especiais projetados para sufocá-los.

Por estas razões, o armazenamento de lítio no laboratório envolve a colocação do metal em frascos com hidrocarbonetos líquidos não-reativos. O lítio tem uma alta capacidade específica de calor (3582 J/ (kg · K)), o que significa que uma grande quantidade de calor é necessária para elevar a temperatura de uma unidade de massa (1 kg ou 1 grama) da substância em 1 kelvin. Além disso, sua forma líquida possui um ótimo intervalo de temperatura. Essas propriedades tornam o lítio uma substância química útil.

Nos seres humanos, os compostos de lítio não desempenham um papel biológico natural e são considerados ligeiramente tóxicos. O metal é corrosivo ao toque e requer manuseio especial para evitar contato com a pele.

Por outro lado, o lítio (na forma iônica) parece ser um oligoelemento essencial para cabras e possivelmente ratos. Quando usado como medicamento, as concentrações sanguíneas de Li + devem ser cuidadosamente monitoradas.

Dados

Massa atômica – 6,941(2) u
Configuração eletrônica – 1s² 2s¹
Elétrons – 2, 1
Estado da matéria – sólido
Ponto de fusão – 453 K
Ponto de ebulição – 1615 K
Entalpia de fusão – 3 kJ/mol
Entalpia de vaporização – 145,92 kJ/mol

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.