Massas de AR

Os fenômenos meteorológicos são explicados com o movimento das massas de ar que carregam umidade e temperaturas diferentes.

0

O que são massas de ar? Massas de ar são grandes volumes atmosféricos com temperatura, umidade e pressão homogêneas. Podem cobrir milhares de quilômetros quadrados e suas características dependem da área onde se formam.

Podem ser classificadas em marítimas e continentais (úmidas e secas, respectivamente); frias e quentes; equatoriais, tropicais e polares.

A maior ou menor incidência de radiação solar em determinada superfície faz com que o ar se aqueça mais ou menos.

O ar mais aquecido tem uma densidade menor do que o frio (pois suas moléculas se encontram mais agitadas e distantes umas das outras) e, pelo princípio da convecção térmica, sobe como um balão de ar quente. Massas frias vizinhas preenchem o vazio deixado pelas massas quentes em movimentos de advecção (ventos horizontais).

O choque entre massas de diferentes temperaturas causa a precipitação do vapor de água suspenso nelas. As regiões de baixa pressão (mais quentes) são mais propensas à chuvas justamente porque recebem massas de ar vizinhas, enquanto regiões de maior pressão (mais frias) costumam ser menos nebulosas e mais estáveis.

A convergência do ar de zonas de alta pressão (frias) nos trópicos para zonas de baixa pressão (quentes) no equador formam os ventos alísios. São ventos úmidos que provocam chuvas nos locais onde convergem.

O evento do choque entre massas de densidades diferentes é chamado de “frente”. O avanço de uma massa de uma massa de ar fria gera uma “frente fria”, por exemplo. A interação entre as massas diferentes geralmente causam fenômenos meteorológicos e tempo severo que duram até a passagem da frente.

Massas de ar Brasil

  • Massa Tropical Atlântica (mTa) e Massa Tropical Continental (mTc)

As massas tropicais que atingem o brasil podem ser originadas no oceano atlântico e serem quentes e úmidas; ou formadas sobre o continente, quentes e secas. Enquanto a mTa age no litoral sudeste e nordeste, a mTc atua no centro-oeste brasileiro.

  • Massa Equatorial Atlântica (mEa) e Massa Equatorial Continental (mEc)

As massas equatoriais são quentes e úmidas. A mEa é formada por correntes de ar que nascem próximas ao Arquipélago dos Açores e atingem o litoral do Norte e Nordeste, principalmente durante o verão. A mEc também é quente e úmida, mas forma-se sobre a bacia amazônica e age principalmente no norte brasileiro.

  • Massa Polar Atlântica (mPa)

No Brasil, durante o inverno, a massa Polar Atlântica (mPa) vem do polo sul e atinge o sul e sudeste com ar frio.

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.