MEC realiza mudanças para aprimorar processo de educação

Nova pasta do MEC cuidará do EJA, alfabetização continuada, educação indígena, educação quilombola, do campo e da educação especial.

2

Um decreto publicado no Diário Oficial da União determinou alterações em pastas de secretarias do MEC. Diretorias da Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização, Diversidade e Inclusão (Secadi) serão trocadas. Além disso a pasta foi renomeada.

O Secadi passará a se chamar Secretaria de Modalidades Especializadas de Educação (Semesp). O órgão cuida da Educação de Jovens e Adultos (EJA), da alfabetização continuada, educação indígena, quilombola, do campo e especial.

As atribuições do Secadi foram distribuídas para a Semesp e para a Secretaria de Educação Básica (SEB).

O EJA agora passa a fazer parte da SEB, pois a pasta cuida dos processos de educação de jovens e adultos.  A mudança foi feita para facilitar os processos, já que os conteúdos e o material para coordenar vem deste órgão.

Depois do decreto, a  educação continuada ficará a cargo da nova Secretaria de Alfabetização (Sealf). Uma das prioridades do presidente Jair Bolsonaro, quando nomeou Ricardo Vélez Rodríguez como ministro, era o alto investimento na educação básica.

A Semesp vai coordenar a educação no campo, dos quilombolas, indígena e especial. A pasta agora cuida das diretorias de educação especial, de surdos e bilíngue e modalidades especializadas em educação. As informações são do MEC.

você pode gostar também
  1. Dedetização Freguesia do Ó Diz

    Bem Legal, interessante!

  2. Lúcia Diz

    Correção não é “do EJA” e sim da EJA , uma vez que é da Educação de jovens e adultos.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.