Meme do ratinho Dorime – O que é essa zoeira da internet?

Os memes de Dorime e Ameno, populares na internet, inspiraram o desenvolvimento do jogo Tales of Dorime: Ameno’s Rescue, criado por estudantes da UNIRIO.

0

Um rato com o figurino que o caracteriza como pertencente ao alto clero, palavras que brincam com o latim e a ausência de limites do povo brasileiro colocaram Dorime e Ameno em posições de destaque entre os memes mais compartilhados na Internet.

No entanto, há um diferencial entre os personagens e outras zoeiras das redes sociais, realizadas a partir de fatos recentes: Dorime possui uma história pregressa.

Conheça um pouco mais sobre o meme do Dorime!

O que é Dorime?

Em meados da década de 90, mais precisamente em 1996, o grupo francês chamado Era, de gênero musical new-age, lançou a música Ameno.

Com um tom sagrado, a canção é executada por um coral conhecido na Alemanha e na Bélgica.

Dori me, assim mesmo, escrito separado, se repete inúmeras vezes ao longo da melodia. Não há uma tradução específica para o termo, mas pode-se dizer que seja algo relacionado a minha dor, e a música seria um pedido de ajuda para diminuir o sofrimento.

A intenção do conjunto, ao empregar as palavras de um pseudo-latim, era abordar temáticas de inspiração e otimismo.

No entanto, as letras concebiam uma composição sem muito sentido, ou até mesmo inventavam palavras, apenas para possui um som semelhante ao latim. Em termos gerais, ignoravam as regras do idioma em que se inspiravam.

Qual a causa de Ameno voltar a fazer sucesso?

Eis a grande questão: Por que uma música de mais de duas décadas voltou a fazer sucesso e ainda viralizou? Vamos tentar entender!

Há seis anos, em 2014, o gamer Noxious tinha Ameno como trilha sonora das transmissões de Hearthstone, no Twich. Com isso, os usuários passaram a citar trechos da letra no chat do jogo, como Dorime e Ameno.

Como demais situações da Internet, em que a zoeira não tem limite, a brincadeira foi ganhando maiores proporções e não ficou limitada ao universo dos games.

Patrick Estrela e os ratinhos

A brincadeira de inserir Dorime e Ameno como representação de drama e profundidade começou a se popularizar no mundo virtual.

O Patrick Estrela, personagem do desenho Bob Esponja, foi um dos pioneiros na diversidade de memes, aparecendo com as mãozinhas unidas, como se estivesse rezando.

Meme de Patrick Estrela
Meme de Patrick Estrela no Twitter.

E a brincadeira não se limitou apenas ao Twitter, no Whatsapp o personagem ganhou figurinhas.

Figurinhas no whatsapp de Patrick Estrela
Figurinhas do Patrick Estrela no Whatsapp.

No Youtube também não perdoaram, com o vídeo do Cachorro Dorime.

PUBLICIDADE

Porém, a versão mais engraçada é a que popularizou os Ratinhos Dorime. Nela, os ratos aparecem caracterizados como parte do alto clero da Igreja, brincando com uma música aparentemente sacra.

Depois disso, memes, fantasias de carnaval e até mesmo tatuagens foram feitas inspiradas na brincadeira.

Tatuagem Dorime
Tatuagem do ratinho Dorime no Twitter.
Fantasia de carnaval Dorime
Fantasia de carnaval do ratinho Dorime.

Tales of Dorime: Ameno’s Rescue

Se vocês acha que nada mais poderia ser feito a partir do meme, dois estudantes de Sistemas de Informação da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO) provaram o contrário.

Daniel Andrade e João Vitor Sousa, com 27 e 21 anos, desenvolveram um jogo inspirado no meme dos dois ratinhos.

Jogo Tales of Dorime

O jogo é bem simples, gratuito e não precisa ser baixado pelos usuários. Para jogar Tales of Dorime – Ameno’s Rescue, basta acessar o site.

Dorime em diferentes versões

E, quando dizem que a zoeira não tem limite, não é brincadeira. Além dos memes, tatuagens, fantasias, surgiram diferentes versões de músicas que colocaram Ameno em destaque.

Tem para todos os gêneros e gostos, como o remix do DJ Quicksilver.

Ou até mesmo os remixes feitos com Vocaloid.

Inclusive, algumas foram sucesso, com quase 2 milhões de visualizações.

E como o brasileiro também não gosta de perder no quesito criatividade, logo criou uma música Ameno na versão forró.

Outro gênero musical que incluiu o Ameno foi o brega-funk.

*Com informações de Jovem Nerd.

Veja também: Pesquisa da Unicamp aponta democratização da política com o uso de memes

PUBLICIDADE

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.