As mulheres no mundo do empreendedorismo: Relatos de uma especialista

Segundo especialista, as mulheres possuem mais atenção com o cliente e as relações com elas são mais afáveis.

Embora a sociedade contemporânea avance — teoricamente — para um mundo mais igualitário, quando se trata de igualdade de oportunidades relacionadas ao gênero, tais avanços mostram-se a passo de formigas. As desigualdades relacionadas ao mercado de trabalho tornam-se perceptíveis na medida em que mulheres atuam em determinados cargos por salários mais baixos do que geralmente os homens receberiam para exercer a mesma função.

Esse fator faz com que, especialmente as mulheres de baixa renda, procurem começar seus próprios negócios a fim de construir uma renda extra. De acordo com dados do instituto Data Popular, o Brasil possui 67 milhões de mães, sendo 31% dessas solteiras e 46% trabalhando.

Nesse sentido, a fala da especialista em Marketing e Comunidades, Adriana Walter, co-fundadora e sócia da startup que trabalha com operações de vendas através de Inteligência Artificial (AI) chamada HUBKN, existem algumas questões que colaboram para essas condições, tais como complementação de renda, sustentar a família, entre outras.

Outro fator agravante foi a pandemia da COVID-19. Sem ter de onde tirar renda ou, ainda, devido à falta de flexibilidade no trabalho atual, empreender tornou-se um modo de enfrentar essas dificuldades. É válido destacar que essa situação é ainda mais grave ao tratar-se das mulheres negras, que ocupam os cargos mais baixos na cadeia produtiva, majoritariamente.

Mulheres no empreendedorismo

Adriana destaca que sua função — de liderança — é desafiadora na medida em que poucas mulheres ocupam cargos como o dela no mundo corporativo em comparação com os homens. A especialista ressalta também que enfrenta contratempos cotidianamente, mas os encara com confiança e relata que, para alcançar essa posição de prestígio, precisou dedicar-se ao máximo.

Para ela, as mulheres possuem mais atenção com o cliente, além de serem mais afáveis. Outro ponto positivo é que elas atém-se aos mínimos detalhes, buscando compreender cada aspecto que envolva seus trabalhos, e isso pode ser fundamental para as empresas.

A especialista enfatiza ser necessário que as mulheres compreendam sua importância no mundo dos negócios, embora esse seja um ambiente ainda, em grande parte, conservador. Por fim, ela destaca para as mulheres a importância de seguirem seus desejos e acreditarem em si mesmas, mesmo que o mundo diga o contrário.

você pode gostar também

Comentários estão fechados.

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More