Nos últimos anos o Enem registrou prejuízo de mais de R$ 1 bilhão por causa de alto nível de abstenção

O Exame Nacional de Ensino Médio (Enem), já teve o edital publicado e irá realizar suas provas no próximo mês de novembro, durante dois domingos consecutivos, dia 04 e 11 de novembro.

0

Esta é uma das provas mais aguardadas por estudantes que estão concluindo o ensino médio este ano, uma vez que esta a principal porta de acesso às universidades públicas e privadas do Brasil.

Um dado curioso revelado pelo Ministério da Educação há pouco tempo, diz respeito a quantidade de faltas às provas dos últimos cinco anos. As abstenções teriam gerado um prejuízo de R$ 962 milhões aos cofres públicos.

Só no ano passado, foram 2.017.253 ausentes e o dado mais relevante em relação aos gastos públicos é que mais de 80% dos faltosos tiveram isenção do valor de inscrição.

Por isso, em 2018, os pedidos de isenção serão feitos antes mesmo da abertura das inscrições. Além disso, os candidatos que receberam o benefício nas últimas edições e faltaram ao exame, serão penalizados este ano.

O prejuízo do ano passado foi de R$ 176.590.328,00 e essas medidas em relação aos procedimentos de isenção são uma tentativa de equilibrar as contas em 2018, que teve ter gastos com o Enem semelhantes aos do ano passado.

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.