Confira a nova data de convocação da lista de espera do Fies

MEC prorrogou para o dia 26 de maio o anúncio da convocação de candidatos

No edital publicado na última quarta-feira (04), o Ministério de Educação (MEC) prorrogou para o dia 26 de maio a data para convocação dos candidatos na lista de espera do FIES. Para esse processo seletivo, o prazo seria até o dia 04 de maio, mas recebeu uma ampliação para que mais vagas fossem ocupadas. Além disso, nesta edição, não haverá um processo de ocupação de vagas remanescentes como nas outras.

Leia mais: Saiba como obter desconto no pagamento da dívida do FIES

Segundo o edital, mais de 66.555 oportunidades serão disponibilizadas no primeiro semestre de 2022.

Como funciona o FIES?

Basicamente, o Fundo de Financiamento Estudantil (FIES) abre inscrições no início de cada semestre letivo para candidatos que desejam concorrer a um contrato. Aos selecionados, o Governo Federal presta um auxílio no custeamento das mensalidades do curso até a conclusão dele. Depois, após o fim da graduação, o beneficiado deverá devolver o valor financiado através de parcelas mensais.

Além disso, para participar do processo seletivo é necessário seguir alguns critérios, como:

  • Desempenho de pelo menos 450 pontos na média das provas e notas acima de zero na redação de qualquer edição do Enem a partir de 2010;
  • Renda familiar bruta de no máximo 3 salários mínimos por pessoa mensalmente.

O FIES aceita todos os cursos?

O financiamento é direcionado a cursos presenciais com conceito maior ou igual a 3 no Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (SINAES) de instituições que façam parte do programa. Por conta disso, os candidatos podem acompanhar a lista de cursos disponíveis e vagas de cada edição através do site do FIES.

Quem pode participar da lista de espera?

Todos os candidatos que não foram aprovados na primeira chamada do financiamento concorrem automaticamente a uma vaga na lista de espera. Ademais, são consideradas algumas questões para determinar os alunos que possuem prioridade:

  1. Candidatos que concluíram o ensino superior e nunca tenham se vinculado ao financiamento.
  2. Candidatos que não tenham concluído o ensino superior, mas já tenham sido beneficiados pelo financiamento estudantil.
  3. Candidatos que já tenham concluído o ensino superior e não tenham sido beneficiados pelo Financiamento Estudantil.
você pode gostar também

Comentários estão fechados.

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More