Nubank, instituição financeira está entre as mais valiosas do Brasil

A revista americana Fast Company elegeu o Nubank como uma das empresas mais inovadoras da América Latina, ainda no ano de 2018.

Sendo uma das maiores instituições financeiras do Brasil na atualidade, Nubank, com seus milhares de clientes espalhados no país e que oferece muitas vantagens e benefícios para muitos, ainda é misteriosa a forma de faturamento do banco. Contudo, as estratégias que a fintech utiliza, são mais claras do que aparentam ser.

Leia mais: Planejamento financeiro é essencial para quem deseja realizar um intercâmbio

A revista americana Fast Company elegeu o Nubank como uma das empresas mais inovadoras da América Latina, ainda no ano de 2018. Um dos principais motivos do grande destaque do Nubank é que a fintech tem costume de ir contra as altas taxas cobradas no cartão de crédito por outras instituições financeiras, no caso, os muitos bancos tradicionais do mercado. A política do Nubank é não cobrar anuidades e nem mesmo tarifas mensais dos clientes.

Contudo, vale lembrar que o Nubank conta com uma forma simples de acessar os serviços, o que tem contribuído também para que a instituição receba seus reconhecimentos a mais ou menos quatro anos, pois o Nubank não tem agências físicas e pode tudo que diz respeito a eles pode ser resolvido sem muitas burocracias de forma prática e rápida.

Tudo mundo sabe que o Nubank é uma instituição que oferece uma série de vantagens aos clientes e uma série de benefícios interessantes. Não é em vão que o Nubank é o banco digital com a maior taxa de downloads no Brasil, mesmo com as ações sendo baratas na bolsa de valores. De uma forma geral, o banco oferece um relacionamento legal e transparente para seus clientes. Quando se trata de consumidores, o que tem deixado o Nubank tão a frente de outras instituições é o fato de não ter cobrança de anuidade nem de taxas de manutenção pelos seus serviços oferecidos.

Tendo como principal fonte de receita a chamada “Interchange”. No momento de uma compra ter sido realizada com a maquininha de cartão, existe uma cobrança que é paga em três partes:

  • Uma parcela vai para o lojista;
  • Outra parte vai para a bandeira do cartão de crédito; e
  • A última vai para o Nubank.

Isso se dá porque o lojista sempre acaba pagando um valor pela transação, que costuma ser aproximadamente 5% do valor total da compra. Além disso, outros ganhos que o Nubank adquire são cobrados pelos juros no atraso ou financiamento da fatura do cartão de crédito.

Na atualidade a instituição financeira tem mais de 40 milhões de clientes e está entre as empresas mais valiosas do Brasil. Com um valor estimado em US$52 bilhões.

você pode gostar também

Comentários estão fechados.

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More