O que é preposição?

As preposições têm como intuito ligar as frases e orações, ou seja, dar sentido através dessas uniões. Confira agora o que é preposição essencial, acidental, contrações e combinações.

0

O que é preposição? A preposição é integrante das palavras invariáveis na Língua Portuguesa. Sua principal função é unir as palavras e orações em um mesmo sentido, ou seja, traçar uma relação de subordinação entre as palavras.

As preposições são muito importantes pra constituição do texto, pois são fundamentais para coesão textual, mesmo que não desempenhem nenhuma função sintática. Na maioria das situações, são muito importantes para estabelecer sentido às frases ou orações.

As classificações para preposição podem ser divididas entre: preposições essenciais e preposições acidentais. Confira abaixo:

Preposições essenciais 

As preposições essenciais são não existem em outra forma língua portuguesa. Estas são:

  • Ante;
  • Até;
  • Após;
  • Com;
  • Contra;
  • De;
  • Desde;
  • Em;
  • Entre;
  • Para;
  • Perante;
  • Por;
  • Sem;
  • Sob;
  • Sobre;
  • Atrás.

Exemplos de preposições essenciais 

Confira alguns exemplos de preposições essenciais:

  • Estou na casa dela desde ontem;
  • Ela não estudou para a prova de inglês;
  • Não vou ao mercado sem minha sacola ecológica.

É importante ter em vista que a preposição é diferente do artigo definido e do pronome a. Isso porque o pronome é invariável. Diferente de pronomes e artigos, que podem ser modificados de acordo com a necessidade.

Preposições acidentais

As preposições acidentais são as que podem exercer outra função, ou seja, são termos que se dependente do contexto podem ser consideradas preposições. Confira abaixo:

  • Como;
  • Conforme;
  • Consoante;
  • Exceto;
  • Fora;
  • Mediante;
  • Salvo;
  • Segundo;
  • Senão;
  • Tirante;
  • Visto;
  • Entre outros.

Exemplos de preposições acidentais

Confira alguns exemplos de preposições acidentais:

  • Todos foram, exceto Camila;
  • Faça isso conforme as diretrizes;
  • Não me surpreendi, visto que avisei antes.

Combinações e contrações

Ao unirem-se com outras palavras, as preposições podem formar combinações e contrações. Confira os exemplos:

Combinações

As combinações correspondem a palavras que se alteram pela união com outras palavras.  A ideia é: preposição + artigo = combinação.Por exemplo:

  • a + o (s) = aos;

Contrações 

As contrações correspondem a palavras que sofrem alterações na parte fonética.Por exemplo:

  • de (preposição) + (artigo) = da;
  • Em (preposição) + uma (artigo) = Numa

Leia também: Concordância verbal: Sujeito simples e sujeito composto

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.