O que é uma criptomoeda e como funciona esse sistema?

As criptomoedas não são reguladas ou controladas por qualquer banco, governo ou autoridade financeira.

0

Criptomoeda é uma moeda digital na qual as técnicas de criptografia são usadas para regular seu uso e gerar sua liberação. Ao contrário da moeda fiduciária – como os dólares americanos, reais, euros e ienes – a criptomoeda não é regulada ou controlada por qualquer banco, governo ou autoridade financeira.

Em vez disso, confia-se no poder da Internet para garantir seu valor e confirmar suas transações. Os usuários em uma rede verificam todas as transações e essas transações tornam-se registro público. Isso impede que a mesma criptomoeda seja passada duas vezes pela mesma pessoa.

Criptomoedas oferecem uma nova maneira de armazenar e gastar dinheiro sem o uso de um banco centralizado ou instituição financeira. A tecnologia é relativamente nova e, portanto, ainda não é amplamente entendida ou aceita como meio de pagamento. Entretanto, essa movimentação financeira está crescendo rapidamente e pode ser um método importante de transações financeiras no futuro.

Registro de criptomoedas

O diário público digital no qual todas as transações são registradas é chamado de Blockchain. Os dados são armazenados em uma rede, portanto, não são suscetíveis a exploração por hackers ou falha central.

Cada registro ou série de registros no blockchain é conhecido como um bloco. Um bloco é enviado para a rede e adicionado ao blockchain depois de ser aceito pela rede como uma transferência válida. Uma vez verificado, os blocos não podem ser alterados.

Mineradores de criptomoedas

Criptomoedas são liberadas para o mundo através de um processo chamado “mineração”. Para você explorar essa moeda, você deve tentar resolver um quebra-cabeça computacional conhecido como hash.

Pessoas de todo o mundo competem para serem as primeiras a resolver um hash. Aqueles “mineiros” que conseguem resolver o hash recebem uma recompensa em blocos – ou seja, uma quantia das criptomoedas que eles conseguiram extrair.

O que é necessário para minerar criptomoedas?

Você precisará de algumas ferramentas bem especializadas para minerar uma criptomoeda. Invista nestes itens inicialmente:

  • Hardware de mineração – Você precisará de um chip ASIC para o seu computador projetado especialmente para a minerar criptomoedas.
  • Software de mineração – Procure um software livre com instruções fáceis de seguir que expliquem como esses programas funcionam com o seu ASIC.
  • Carteira Bitcoin – Se você completar um bloco, você precisará armazenar seu bitcoin em uma carteira.

Como comprar e usar criptomoedas?

Criptomoedas fazem parte de um mercado volátil, com taxas de câmbio que podem flutuar descontroladamente por dia e, às vezes, por hora. Bitcoin é a mais conhecida e mais valiosa criptomoeda existente, mas há muitas outras para explorar, incluindo litecoin, peercoin, dogecoin, monero e ripple.

Quando você compra ou recebe uma criptomoeda, recebe uma chave digital para o endereço dessa moeda. Você pode usar essa chave para acessar, validar ou aprovar transações.

Você precisa de um lugar para manter sua chave segura, e é aí onde entra a carteira de criptomoeda.

  • Carteiras de desktop – Softwares como o Cryptonator que permitem enviar e armazenar endereços de criptomoeda e também se conectam à rede para rastrear transações.
  • Carteiras on-line – As chaves de criptomoeda são armazenadas on-line em plataformas de troca, como Coinbase ou Circle, e podem ser acessadas de qualquer lugar.
  • Carteiras móveis – Aplicativos como o Blockchain armazenam e criptografam suas chaves bitcoin para que você possa efetuar pagamentos usando seu dispositivo móvel.
  • Carteiras de hardware – Você pode usar um dispositivo USB criado especificamente para armazenar bitcoin eletronicamente e suas chaves de endereço privadas.

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.