Obesidade em cães: Conheça as raças que têm maior probabilidade de desenvolver a doença

É muito importante que o cuidador esteja atento aos sinais de obesidade nos cães e previna a doença enquanto há tempo.

Evitar que um cachorro desenvolva obesidade é fundamental para que ele viva mais e melhor. Por isso, cuidados com a alimentação e a prática de exercícios físicos constantes precisam ser incluídos na rotina. Contudo, a depender da raça do cão, é preciso redobrá-los, já que existem de fato raças de cachorros mais propensas à obesidade.

Leia Mais: Perda de Pelo em cachorros: Entenda os motivos!

Logo, é importante que o dono esteja sempre atento. Dessa forma, ele poderá desenvolver uma dieta e um estilo de vida que seja mais compatível com a raça em questão. E se você não sabe quais raças são essas, não se preocupe, pois hoje listamos as raças de cachorro que mais desenvolvem obesidade.

Raças de cachorros mais propensas à obesidade

  • Buldogue Inglês

É muito comum encontrar Buldogues Ingleses que sejam obesos, pois a raça pode ser fator determinante nesse processo. No entanto, a obesidade será muito prejudicial ao animal, e o dono deve investir em passeios diários para impedir que haja o desenvolvimento da doença.

  • Pug

Os Pugs são muito amigáveis, brincalhões e elétricos. No entanto, eles também podem ser muito comilões, o que não pode acontecer. A alimentação do Pug precisa ser compatível com o seu tamanho pequeno, e para isso, deve ser restringida a alimentos recomendados em quantidades adequadas.

  • Dachshund (Salsicha)

A obesidade costuma ser extremamente prejudicial aos Dachshunds por conta de sua estrutura pequena e comprida, com patas curtas. Porém, infelizmente, a raça é muito propensa à essa condição. Portanto, o dono deve prevenir uma série de doenças que vem com a obesidade por meio do exercício físico e alimentação.

  • Pastor Alemão

Engana-se quem acredita que cachorros de grande porte não podem desenvolver obesidade, e que por isso devem comer muito. Na verdade, o Pastor Alemão tem se mostrado muito propenso à obesidade, especialmente quando não pratica a quantidade de exercício indicada.

  • Labrador Terrier

Os labradores podem ser muito atléticos caso a prática do exercício físico seja estimulada desde pequeno. No entanto, se esse não for o caso, pode haver um excesso de gordura que não será gasta e que será muito prejudicial à raça.

Além desses cães mencionados, é necessário também ter cuidado com o Terrier Escocês, Basset Hounds, Beagles e Boxers. Isso porque todos esses cachorros, de alguma forma, terão maior possibilidade de desenvolver obesidade.

Por isso, opte por seguir as dicas de prevenção, cuidando da alimentação e rotina do seu cachorro, além de sempre levá-lo ao veterinário. E não se esqueça de compartilhar essa matéria com os amigos que precisam saber dessa informação!

você pode gostar também

Comentários estão fechados.

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More