Países Que Falam a Língua Portuguesa

Bandeiras dos países que adotaram o português como idioma oficial. Portugal, Brasil, Angola, Moçambique, Guiné-Bissau, Cabo Verde, São Tomé e Príncipe, Timor Leste. No mundo cerca de 230milhões de pessoas falam a língua portuguesa, em cada região onde o idioma foi adotado, as particularidades culturais interferiram na pronúncia da língua.

3

O português é a quinta língua mais falada no mundo, ficando atrás apenas do inglês, do chinês, do russo e do castelhano. Na América, nós brasileiros somos os únicos a falar o idioma, que é o segundo mais pronunciado no continente, perdendo em números apenas para o espanhol. Devido ao processo colonizador, todos os nossos vizinhos adotaram o idioma da metrópole espanhola. A expansão ultramarina entre os séculos XV e XVI provocaria uma série de transformações nos territórios colonizados: além do domínio político, econômico e da imposição da religião dos dominadores, a língua pronunciada pelos colonizadores também foi implantada nas terras recém-ocupadas.

A imposição do idioma do colonizador fez parte de uma estratégia capaz de facilitar a comunicação entre os nativos e os europeus. No Brasil, por exemplo, quando os portugueses chegaram os indígenas estavam divididos em centenas de tribos que possuíam um dialeto próprio. Aos poucos o idioma dos índios brasileiros foi dando lugar à língua portuguesa. Os jesuítas que vieram para o país com a missão de catequisar os nativos foram incumbidos também de ensinar o idioma da metrópole.

Estamos acostumados a ouvir dizer que o inglês é o idioma universal, e para quem tem o desejo de ser inserido com sucesso nesse mundo globalizado, seria importante dominar a língua. Ninguém tem dúvidas sobre a imensa abrangência e importância do inglês, no entanto não podemos desprezar a influência das outras línguas.

A língua portuguesa é falada em oito países espalhados em quatro continentes, esse distanciamento entre as nações que adotaram o idioma, gera variações devido à interferência dos dialetos nativos e dos povos que adentraram essas terras. Essa diversidade é percebida na pronúncia e na gramática, para facilitar a comunicação e os acordos entre as nações de língua portuguesa, foi criado um Novo Acordo Ortográfico que buscou unificar a grafia das palavras e assim preservar a unidade linguística. Na América, a introdução do português no Brasil sofreu influência das línguas indígenas, africanas e europeia.

Portugal é o principal representante da língua derivada do latim, que tem as suas origens nos dialetos falados pelos povos primitivos que habitavam a Península Itálica. Mas, o Brasil por reunir em seu território o maior número de falantes do idioma é o representante da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), criado em 1996 com o objetivo de aumentar a cooperação entre os países lusófonos.

Jesuítas
Os jesuítas foram os responsáveis por ensinar a língua portuguesa para os indígenas e os filhos de portugueses nascidos no Brasil.

A língua portuguesa também pode ser percebida em algumas localidades como: Zanzibar (na Tanzânia, costa oriental da África), Macau (ex-possessão portuguesa na China), Goa, Diu, Damão (na Índia), Málaca (na Malásia). Nessas regiões o português não é predominante, ele divide espaço com outros dialetos. Em Macau apenas 5% da população fala o idioma, mas o português é bastante utilizado na escrita.

Conheça abaixo, um pouco da história dos países que adotaram o uso da língua portuguesa:

  • Angola: a delimitação do território angolano ocorreu no ano de 1885 durante a Conferência de Berlim. Durante esse encontro, as nações dominantes dividiram o continente africano em áreas de influência, coube a Portugal colonizar o país. A independência angolana ocorreria no dia 11 de novembro de 1975, a autonomia política não foi suficiente para colocar fim ás tensões política. O poder é concentrado nas mãos do presidente e a população padece por inúmeros problemas sociais. Angola está entre os países mais pobres do mundo, o território abrange uma área de 1.246,700 km2 onde vivem cerca de 18,4 milhões de habitantes a capital é a cidade de Luanda.
  • Brasil: o território entrou na rota das grandes navegações no ano de 1500, desde então foi colonizado pelos portugueses. A maior entre as colônias lusitanas foi elevada ao nível de reino em 1808 após Napoleão Bonaparte invadir Portugal. A chegada da família real provocou uma intensa mudança na colônia, D.João VI promoveu diversas mudanças que estimularam o desenvolvimento cultural brasileiro. Atualmente o país reúne o maior número de falante da língua portuguesa, mais de 200 milhões de pessoas.
  • Cabo Verde: País africano formado por pequenas dez ilhas descoberto pelo português Diogo Gomes em 1460, durante a expansão ultramarina. Sua posição estratégica voltada para o Oceano Atlântico fez do país rota de passagem dos colonizadores. Apesar de a língua portuguesa ser oficial, outro idioma muito falado é o crioulo cabo-verdiano. Cabo Verde conquistou sua independência em 1975, Cidade de Praia é a capital. A agricultura é à base da economia do país que durante quatro séculos foi explorado pela metrópole portuguesa. Sua população é estimada em 505.606 habitantes.
  • Guiné-Bissau: o território localizado no continente africano é habitado há mais de 200 mil anos. Seus primeiros habitantes foram os povos pré-históricos. A região entrou na rota colonizadora em 1446, quando o navegador português Nuno Tristão desembarcou em busca de mão-de-obra escrava. Guiné-Bissau forneceu escravos para diversas nações europeias. Foi colonizada por Portugal em 1879 e passou a se chamar Guiné Portuguesa. Foi à primeira colônia portuguesa a se tornar independente em 1974.
  • Moçambique: localizado no sudeste do continente africano, a ex-colônia portuguesa conquistou sua independência em 1975. Apesar de o português ser o idioma oficial, apenas 40% da população faz uso da língua. Uma guerra civil entre os anos de 1970 e 1990 trouxe uma série de consequências negativas para o país. Além de um saldo de um milhão de mortos, a guerra gerou uma diversidade de problemas socioeconômicos. Analfabetismo, baixa expectativa de vida (42 anos), O IDH (Índice de Desenvolvimento Humano) é o quinto menor do mundo e altas taxas de mortalidade infantil fazem de Moçambique um dos países mais pobres do mundo.
  • Portugal: a poderosa potência europeia deu a largada da expansão ultramarina no século XV. Sua experiência com a pesca de bacalhau e os estudos desenvolvidos na Escola de Sagres, possibilitou o pioneirismo português. Conquistou diversas colônias em várias partes do mundo.
  • São Tomé e Príncipe: país localizado no Golfo da Guiné na costa do Oceano Atlântico, foi colonizado pelos portugueses em 1470. A região serviu de entreposto comercial para o armazenamento de escravos capturados em outras localidades africanas. Os portugueses também introduziram no país o cultivo de cana-de-açúcar com base na mão-de-obra escrava. Ganhou autonomia política em 1975, a descoberta de petróleo nos anos de 1990 elevou o nível econômico do país.
  • Timor Leste: a recém-conquistada independência (o país se tornou independente em 2002) faz de Timor Leste um dos países mais jovens do mundo. Localizado no leste do continente asiático, o país sofreu cinco séculos de dominação que foram alternados entre portugueses, espanhóis, holandeses, japoneses e indonésios. O primeiro país a dominar a região foi Portugal. Transformado em entreposto comercial pelos portugueses, aos poucos os colonizadores foram descobrindo riquezas naturais bastante lucrativas para a Metrópole. A madeira obtida do sândalo possuía alto valor comercial e poderia ser utilizada principalmente na fabricação de móveis. O território abrange uma área de 14 874 km², onde vivem cerca de 1,1 milhão de habitantes.

Lorena Castro Alves
Graduada em História e Pedagogia

PUBLICIDADE

você pode gostar também

  1. Herminio Paim Diz

    Lamento a diferenca como retratam Angola e como retratam os outros paises: Angola e’ mais pobre que Cabo-Verde, Sao Tome e Guine-Bissao!? Sempre a venderem uma ma imagem de Angola… ate hoje doe em vosses a nossa amada independencia. Coitados, ela e’ nossa a quem o Criador deu.

  2. Albarreto Diz

    O site é brasileiro, não português. A Angola e aos Angolanos, nós, portugueses, desejamos tudo de bom. Infelizmente, é um rico país povoado por gente pobre.

  3. eviton Diz

    Alguém manda o resumo pfv

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.