Parceria entre Renner e Sebrae promove carreiras de mulheres empreendedoras

O convênio vai disponibilizar aproximadamente 9 mil atendimentos para especializar mulheres empreendedoras no período de dois anos.

A Renner, famosa marca de moda, firmou uma parceria com o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) com o intuito de levantar empreendedoras. Com o desejo de oportunizar negócios chefiados por mulheres, a iniciativa fornecerá um convênio com diferentes pontos de atuação, desde a produção de algodão orgânico até a aceleração de ações sustentáveis.

Leia também: As mulheres no mundo do empreendedorismo: Relatos de uma especialista

O convênio vai disponibilizar aproximadamente 9 mil atendimentos para especializar mulheres empreendedoras no período de dois anos. O projeto foi nomeado como Empreendedoras da Moda, e almeja agilizar atividades que auxiliam no impacto social e possuam produtos que incluem menor risco ao meio ambiente.

Na primeira fase, cursos on-line gratuitos serão disponibilizados. Já na segunda etapa, 90 empreendedoras serão escolhidas para participar de um processo de mentoria especializada, guiadas por profissionais de inúmeras áreas que são capazes de auxiliar no andamento dessas empresas.

Eduardo Ferlauto, diretor executivo do Instituto Lojas Renner, declarou que a finalidade é transformar a vida das mulheres, juntamente com suas famílias, e conceder preparo para lideranças de empreendedorismo feminino para que as pessoas evoluam e venham viver segundo suas aspirações.

A importância da iniciativa não é só conceder desenvolvimento financeiro, mas também o progresso ambiental e cultural no meio da moda, conforme ressaltou o presidente do Sebrae, Carlos Melles. Além disso, irá direcionar o olhar diretamente para a força do trabalho feminino, que simboliza potência e compõe a maioria nesse mercado, lutando incansavelmente pela valorização das suas posições.

Outro benefício fornecido pelo convênio será a produção familiar e sustentável de algodão orgânico em municípios de Minas Gerais, Paraíba e Ceará. O intuito é alavancar a produção local e estimular a produção do material. Serão aproximadamente mais de 200 famílias beneficiadas com a parceria até o final de 2023, o que consequentemente acumulará duas safras de algodão.

você pode gostar também

Comentários estão fechados.

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More