Projeto Genoma Humano

Esse projeto foi o responsável por elucidar a sequência de bases do DNA humano!

0

O Projeto Genoma Humano (PGH) é uma pesquisa científica que durou 13 anos para ser concluída pelo Departamento de Energia do Instituto Nacional de Saúde dos Estados Unidos.

Esse projeto teve a participação de cientistas de 18 nacionalidades diferentes, mais de cinco mil pesquisadores em 250 laboratórios.

A coordenação principal do projeto ficou com o geneticista norte-americano James Watson.

O maior objetivo do Projeto Genoma Humano foi identificar todos os genes humanos e determinar a sequência de cerca de 3,2 bilhões de pares de bases nitrogenadas que formam o genoma humano, que é o DNA da nossa espécie.

Os resultados praticamente finalizados dessa pesquisa foram publicados pelas revistas Nature e Science, em 2001, e a pesquisa foi oficialmente finalizada em abril de 2003.

Os cientistas conseguiram sequenciar 99% do genoma humano com 99,9% de precisão nos resultados. A publicação desses dados ocorreu dois anos antes do previsto no projeto.

Objetivo do Projeto Genoma Humano

  • Sequenciar todo o genoma humano.
  • Identificar cerca de 3,2 bilhões de genes que compõem o genoma humano.
  • Armazenar toda a informação produzida em bancos de dados.
  • Desenvolver metodologias para analisar os dados produzidos.
  • Disponibilizar dados para outros pesquisadores para dar suporte a pesquisas científicas futuras.

Financiamento do projeto

O Projeto Genoma Humano foi financiado por um consórcio público internacional que foi coordenado pelo Departamento de Energia do Instituto Nacional de Saúde dos Estados Unidos.

Contribuíram para o financiamento desse projeto empresas privadas e universidades de vários países do mundo, entre elas, instituições dos EUA, Inglaterra, França, Alemanha, Japão, China e, também, do Brasil.

Conclusão do Projeto Genoma Humano

Os resultados do Projeto Genoma Humano identificaram que a sequência de genes de todas as pessoas é 99,9% igual, e apenas 2% do genoma é utilizado durante a síntese de proteínas.

Apesar de ter algumas lacunas na identificação causadas por limitações tecnológicas, os resultados trouxeram avanços em pesquisas genéticas, na medicina e na biotecnologia.

A conclusão do genoma facilitou o entendimento de várias doenças genéticas, assim como desenvolvimento de fármacos mais adequados para cada uma.

Projeto Genoma Humano no Brasil

No Brasil, o principal laboratório de estudo de genoma humano faz parte da Universidade de São Paulo (USP).

No entanto, outras universidades públicas, como a Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP), também possuem estruturas para estudar genomas.

Veja também:

PUBLICIDADE

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.