Projeto Petrobras: Botijões de gás para todos

O projeto assistencial da Petrobras retorna a fornecer botijões, além de vale-gás as famílias que se encontram em situações carentes.

Com uma segunda etapa, o projeto assistencial da Petrobras retorna a fornecer botijões, além de vale-gás as famílias que se encontram em situações carentes.

Porém, a determinação da estatal em ajudar no amparo de famílias foi limitado, assim como os projetos sociais que ganham auxílio da mesma.

Conforme as informações repassadas pela própria Petrobras, a ação de fornecer botijão e vale-gás a cidadãos em situação vulnerável requer um “pequeno” investimento de R$ 115,5 milhões, do qual 100 mil famílias espalhadas entre os 16 estados receberão a ajuda.

A atividade deu início em dezembro de 2021 e prosseguiu para janeiro deste ano. Composto de uma segunda etapa, que iniciou agora, é requerido o apoio de 56 instituições, as quais não possuem fins lucrativos, mas se esforçam para criar projetos socioambientais.

Até o presente momento, não foram divulgadas as respectivas instituições, apenas o que se tem conhecimento é que no Rio de Janeiro há 25 projetos conveniados.

Eles se localizam em cidades como:

  • Rio de Janeiro;
  • São Gonçalo;
  • Niterói;
  • Magé;
  • Macaé;
  • Campos;
  • Quissamã;
  • Entorno da Refinaria de Duque de Caxias (Reduc);
  • Entorno da Bacia de Campos;

Constam nos dados que apenas no Rio de Janeiro, serão auxiliadas cerca de aproximadamente 30 mil famílias. A iniciativa é estendida também ao Amazonas, Bahia, Ceará, Espírito Santo, Minas Gerais, Mato Grosso do Sul, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Paraná, Rio Grande do Norte, Rondônia, Rio Grande do Sul, Sergipe e São Paulo.

Como participar?
As famílias serão escolhidas juntamente com as instituições que estão apoiando o projeto. As organizações possuem a responsabilidade de encontrar moradores que estejam dentro do padrão solicitado pelo projeto.

você pode gostar também

Comentários estão fechados.

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More