Quadrilha Junina – Músicas, Passos, Roupas e Origem

A festa caipira mais famosa do Brasil dispões de manifestações culturais que se destacam nas festividades, é o caso das chamadas "quadrilhas juninas".

0

Quando vem chegando junho, é comum ver escolas, igrejas e lojas com elementos decorativos característicos de festas juninas, como bandeirolas e balões, a fogueira e os fogos de artifício. Além disso, essa festividade também é recheada de brincadeiras, práticas, comidas, simpatias, músicas e danças. Estes dois últimos dão origem às chamadas “quadrilhas juninas” que por sua vez, é um dos elementos mais especiais da data, pois sua dança é singular e possui particularidades que chamam a atenção das pessoas.

Para honrar essa festa caipira, reunimos alguns elementos que remetam a quadrilha junina. Conheça agora sua origem e as principais músicas, passos e roupas.

Veja também: Lista das 10 Melhores Comidas de Festa Junina

O que é a Dança da Quadrilha?

A quadrilha é uma dança realizada em homenagem aos santos juninos Santo Antônio, São João e São Pedro. Nada mais é do que um momento em que as pessoas podem dançar, comemorar e agradecer aos santos, tudo ao mesmo tempo.

Geralmente, a quadrilha é dançada por casais, as damas e os cavalheiros. Isso por que os passos são necessários uma dupla para serem realizados em sincronia. A quantidade de casais varia. Geralmente é determinada pelo espaço que se tem disponível para realizar a dança.

Origem da Festa Junina

Apesar de homenagear os santos, a origem das comemorações nessa época do ano é anterior à era cristã. Seu princípio é advindo da cultura pagã. Ainda antes da Idade Média, as celebrações anunciavam o solstício de verão e de inverno e homenageavam os deuses da natureza e da fertilidade. Ao passar do tempo, a igreja acabou aderindo e adaptando às festas, atribuindo-lhes um caráter religioso, já que não conseguia acabar com a sua popularidade.

 

Vestimenta

As roupas dos dançarinos de quadrilha é geralmente muito colorida e tipicamente caipira. Os homens costumam vestir camisas xadrez, desenhar bigodes ou cavanhaques e usarem chapéu de palha. Enquanto as mulheres usam vestidos rodados, geralmente muito coloridos e chamativos, fazem maquiagem, e tranças ou maria chiquinhas no cabelo.

Passos da Quadrilha Junina

Primeiramente, deve-se nomear um comandante para orientar os casais aos passos que devem ser seguidos. Em alguns casos, há um casal que representa o noivo e o noivo, eles se vestem de acordo com o perfil desses personagens adotando-se às vestes caipiras. Os noivos ficam na frente da fila de casais, os quais direcionam os outros casais de acordo com os comandos do dirigente. Os comandos são:

  • CAMINHO DA FESTA: os noivos ficam na frente da fila. Os pares ficam de braços dados, as damas à esquerda dos cavalheiros. Os pares entram.
  • ANARRIÊ: as damas e os cavalheiros se separam formando duas colunas.
  • OS CAVALHEIROS CUMPRIMENTAM AS DAMAS: eles se aproximam das damas cumprimentando-as. Flexionam o tronco, mantendo a cabeça erguida e voltam a seus lugares caminhando de costas.
  • AS DAMAS CUMPRIMENTAM OS CAVALHEIROS: agora é a vez das damas irem até os cavalheiros e cumprimenta-los. Elas também voltam de costas para os seus lugares.
  • SAUDAÇÃO GERAL: tanto as damas como os cavalheiros andam para a frente e se cumprimentam.
  • BALANCE: damas e cavalheiros balançam os braços naturalmente.
  • PREPARAR PARA O GALOPE: a noiva e o noivo se encontram e saem de mãos dadas para o alto pulando de lado até o final da fila. Todos os casais fazem assim até os noivos voltarem a ser os primeiros, continue de olho nos passos de quadrilha.
  • OLHA O TÚNEL: as damas de frente para os cavalheiros elevam os braços para cimae de mãos dadas fazem o túnel. Os primeiros a passar pelo túnel são os noivos e os outros vão em seguida e formam os pares para começar a formar a roda.
  • OLHA O GRANDE PASSEIO: começam a formar a roda as damas para o lado de dentro.
  • DAMAS AO CENTRO: as damas formam a roda e giram e os cavalheiros também.
  • COROA DE ROSAS: os cavalheiros, de mãos dadas, erguem os braços na vertical sobre a cabeça das damas, como se as coroassem. Depois abaixam os braços passando-os pela frente, até a altura da cintura, girando para a esquerda ou para direita.
  • DESCOROAR: os cavalheiros tiram os braços e formam a roda.
  • DAMAS PROCURAM SEUS CAVALHEIROS: os cavalheiros param e as damas continuam rodando até encontrar o seu par, parando a esquerda do seu cavalheiro.
  • CARACOL: as damas e os cavalheiros formam uma grande roda. A noiva solta uma das mãos do noivo e vai puxando os outros para dentro da roda. Todos devem estar de mãos dadas, formando o caracol. Chegando ao centro, a noiva faz o caminho de volta. Formando novamente a grande roda.
  • CAMINHO DA ROÇA: um anda atrás do outro com as mãos para trás e o corpo um pouco curvado para a frente.
  • OLHA A CHUVA: todos dão meia-volta (viram para o outro lado) e colocam a mão na cabeça.
  • JÁ PASSOU: todos dão meia-volta novamente e dizem “ahhhh”.
  • OLHA A COBRA: todos pulam, gritam e dão meia-volta.
  • JÁ MATARAM: todos dão meia-volta novamente e dizem aaahh.
  • A PONTE QUEBROU: todos dão meia-volta novamente.
  • JÁ CONSERTOU: voltam a dançar no outro sentido e dizem ah.
  • PREPARAR PARA O VIVA: todos em roda dão as mãos e sempre que disserem VIVA vão para o centro da roda e erguem os braços e gritam VIVA.
  • VIVA OS NOIVOS: viva.
  • VIVA OS CONVIDADOS: viva, e vão falando outros vivas.
  • PREPARAR PARA O GRANDE BAILE: cada dama pega o seu par e os dois começam a dançar juntos.
  • O GRANDE BAILE ESTÁ ACABANDO, VAMOS NOS DESPEDIR DO PESSOAL: os pares começam a dançar juntos.
  • AGORA, A DESPEDIDA: em fila os pares vão se despedindo dos convidados. As damas acenam com as mãos e os cavalheiros com os chapéus, e assim encerra os nossos passos de quadrilha.

Música Quadrilha Junina Tradicional

O estilo que está mais relacionado com as quadrilhas é a música sertaneja raiz caipira, mas podem contar com forró e o baião têm grande, que também se destacam. Os principais instrumentos que acompanham a melodia são a da viola, o violão, a sanfona, o triângulo e a zabumba.

Falamansa, Luís Gonzaga, Dominguinhos, Leandro e Leonardo são alguns exemplos de artistas que representam essa festa em suas letras e melodias. Veja alguns exemplos de músicas que não podem faltar na trilha sonora dessa festança caipira:

  1. Lá da alma – Falamansa
  2. Colo de menina – Fulô de Mandacaru
  3. Isso aqui tá bom demais – Dominguinhos
  4. Xote da alegria – Falamansa
  5. Vem Morena – Luiz Gonzaga
  6. Xote das meninas – Dominguinhos
  7. Anarriê – Leandro e Leonardo
  8. Cumpade e Cumade –  Leandro e Leonardo
  9. Eu Só Quero um Xodó- Dominguinhos
  10. Rio Negro e Solimões – Clima de Rodeio

 

Referências: SoEscola

PUBLICIDADE

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.