Saiba qual será o primeiro estado a emitir o novo RG

Novo modelo da carteira de identidade está bem próximo de chegar em Goiás.

No início de 2022, o Governo Federal divulgou uma série de novidades para o principal documento de identificação dos cidadãos brasileiros. Agora, o RG Único, documento que deverá substituir a atual carteira de identidade, passará a ser emitido em breve. Em busca de mais praticidade para os cidadãos, o estado de Goiás pode ser o primeiro a emiti-lo. Veja abaixo como.

Leia mais: Novo RG: Quando emitir? Veja tudo que você precisa saber sobre o documento

A integração do documento em todas as regiões brasileiras acontecerá de maneira gradual até 6 de março de 2023. Até essa data, cada estado deverá estabelecer suas próprias regras e campanhas para emissão e cadastramento da nova carteira de identidade. Nesse caso, alguns deles já estão saindo na frente nesta corrida.

Quando será emitido o novo RG no estado?

Antes de tudo, para começar a emitir o documento, o governo de Goiás precisa do novo padrão de QR Code. Esse processo pode demorar um pouco, visto que a Câmara Executiva Federal de Identificação do Cidadão (Cefic) ainda está trabalhando nas mudanças. Segundo o órgão, os goianos poderão acessá-lo nas próximas semanas.

Através deste QR Code, o RG será capaz de armazenar dados sensíveis e importantes para a segurança e autenticação do documento. Inclusive, poderá ser encontrado no verso e também será válido para sua versão digital. Por conta disso, deverá seguir todas as normas da Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD).

Como Goiás será o primeiro estado a emitir o novo RG?

Basicamente, o governo do estado antecipou sua parceria com o Governo Federal, tornando Goiás a primeira unidade federativa a emitir a nova carteira de identidade. O processo é resultado de um acordo ratificado entre o Ministério da Economia e as secretarias estaduais de Segurança Pública e de Desenvolvimento e Inovação de Goiás.

Dessa forma, a parceria será firmada por um termo de cooperação técnica que trará integração da base de dados do Registro Civil e o portal Gov.br. Por conta disso, as instituições governamentais do estado poderão utilizar a aplicação da seção de serviços do governo para que o novo RG possa ser emitido.

você pode gostar também

Comentários estão fechados.

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More