Quanto ganha um engenheiro eletricista?

Planejamento, construção e manutenção de sistemas para gerar, transmitir e distribuir energia elétrica estão entre as principais atribuições de um engenheiro eletricista.

0

Você sabe o que faz e quanto ganha um engenheiro eletricista? Se você tem curiosidade de conhecer mais essa área da engenharia, então está no lugar certo, pois o site Escola Educação traz para você informações preciosas sobre essa interessante carreira.

Você já deve saber que a carreira de Engenharia está entre as mais cobiçadas entre os estudantes, atraídos pelos bons salários oferecidos aos profissionais do ramo. Os cursos de engenharia são convidativos porque podem pagar até R$ 4.060 mensais para um profissional em início de carreira, que cumpra uma jornada de apenas 6 horas. Se você optar pela área, precisa definir quais das vertentes disponíveis seguirá, isso porque existem vários cursos dentro da carreira de Engenharia: Engenharia Civil, Mecânica, de Produção, Ambiental, Química de Petróleo e Gás e a Elétrica, tema de nosso artigo.

A Engenharia Elétrica é uma carreira em alta no Brasil. Um engenheiro eletricista dedica-se ao planejamento, construção e manutenção de sistemas para gerar, transmitir e distribuir energia elétrica. Entre as empresas que contratam esse profissional estão usinas, subestações, linhas de transmissão, telecomunicações, construtoras, indústrias que utilizam ou fabricam sistemas elétricos e de automação etc. Além dessas, setores como o financeiro e a informática também contratam profissionais da área, uma vez que eles apresentam grande facilidade com as ciências exatas.

Para trabalhar com sistemas elétricos é preciso graduar-se em Engenharia Elétrica, curso com duração de cinco anos que formará profissionais aptos para atuar na construção e manutenção de sistemas de transmissão e distribuição de energia elétrica. Se você tem interesse, é importante que você saiba que 60% das matérias do curso baseiam-se em cálculos e fórmulas complexas, portanto, é preciso gostar bastante da área de Exatas, caso contrário é melhor escolher outra carreira.

Veja algumas das principais universidades reconhecidas pelo MEC que oferecem o curso de Engenharia Elétrica:

Privadas:

  • Centro Educacional Anhanguera (Anhanguera)
  • Universidade Cruzeiro do Sul (UNICSUL)
  • Universidade Estácio de Sá (UNESA)
  • Universidade Norte do Paraná (UNOPAR)
  • Universidade de Uberaba (UNIUBE)

Públicas:

  • Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG)
  • Universidade de Brasília (UnB)
  • Universidade Federal de Goiás (UFG)
  • Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN)
  • Universidade Federal de Santa Maria (UFSM)
  • Universidade Federal do Pará (UFPA)

Para garantir melhores salários, vale investir também em cursos de especialização em Engenharia Elétrica, entre eles doutorados, mestrados e cursos de Especialização em Automação Industrial, Sistemas de Energia Elétrica – Qualidade de Energia e Engenharia de Sistemas Elétricos de Potência. Profissionais pós-graduados possuem mais chances de concorrer às vagas em grandes empresas, o que certamente elevará a remuneração. Confira agora os salários (de acordo com o piso da categoria) oferecidos para os profissionais da Engenharia Elétrica:

  • 6 horas diárias: 6 salários mínimos
  • 7 horas diárias: 7,25 salários mínimos
  • 8 horas diárias: 8 salários mínimos

Algumas empresas pagam mais do que o piso definido pela categoria. Segue abaixo algumas médias salariais nacionais:

  • Trainee em Engenharia Elétrica: R$ 3.688,61
  • Analista de Engenharia: 3.270,74
  • Coordenador de Engenharia: R$ 8.160,53

Já os dados abaixo levam em consideração o tempo de experiência do profissional e o porte da empresa onde atua. Confira as médias salariais de um engenheiro que atua nos setores de Óleo e Gás, Engenharia e Tecnologia da Informação (TI):

Engenharia:

  • Gerente de Produção: R$ 9.000,00 a R$22.000,00
  • Diretor de Supply Chain: R$ 24.000,00 a R$ 40.000,00
  • Diretor de Operações/Industrial: R$ 25.000,00 a R$ 40.000,00

Óleo e Gás:

  • Engenheiro de Serviços: R$ 11.000,00 a 15.000,00
  • Gerente de Operações: R$ 26.000,00 a R$ 32.000,00
  • Gerente de Engenharia: R$ 22.500,00 a R$ 27.000,00

TI:

  • Diretor de TI/ CIO: R$ 26.500,00 a R$ 40.000
  • Gerente de Infraestrutura/Telecom: R$ 17.000,00 a R$ 26.000,00
  • Gerente de Serviços/ Operações: R$ 15.500,00 R$ 23.000,00

Ficou interessado? A área de Engenharia Elétrica está em pleno crescimento, e costuma absorver todos os profissionais disponíveis no mercado, o que diminui bastante o índice de desemprego entre aqueles que optaram por essa promissora carreira. Boa sorte!

Utilizamos o site Guia da Carreira como fonte para coletar os dados de salário e média salarial da profissão de Engenheiro Eletricista.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.