Quanto Ganha um Piloto de Caça? Salário FAB, Aeronáutica Brasileira

Confira quanto ganha um Piloto de Caça da FAB. Quer se tornar um piloto da Força Aérea Brasileira? Para quem tem esse sonho saiba que a escolha profissional começa desde cedo e é marcada por esforço e dedicação.

0

A Força Aérea Brasileira (FAB) é uma instituição nacional da Aeronáutica que tem como  missão constitucional zelar pela defesa da Pátria.

O que é a Força Aérea Brasileira? O que faz a FAB?

 A FAB é uma das três Forças Armadas do Brasil , que também é constituída pela Marinha e pelo Exército, e também é a maior força aérea da América Latina em contingente de soldados, número de aviões e poder de fogo.

Como se tornar um piloto da FAB – Força Aérea Brasileira

De acordo com informativo da página oficial da FAB, se você quer se tornar um aviador e piloto de caça precisa passar na seleção para o Curso de Formação de Oficiais Aviadores (CFOAV) da Academia da Força Aérea (AFA) que fica em Pirassununga, a 210 Km de São Paulo capital.

A disputa por uma vaga na AFA é muito concorrida e pode ser comparada a concorrência em vestibulares para medicina em universidades públicas.

No processo seletivo da AFA, candidato deve realizar provas teóricas, além de testes físico, psicológico e de saúde. Ele também faz o Teste de Aptidão para Pilotagem Militar, conhecido como TAPMIL, em que é avaliado o potencial psicomotor para a pilotagem e habilidades cognitivas, como a atenção e o raciocínio espacial.

FAB – Escola Preparatória de Cadetes do Ar 

A FAB também possui uma Escola de Ensino Médio, a Escola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR), localizada na cidade Barbacena, no interior de Minas Gerais. Quem cursa a EPCAR não precisa fazer um novo exame de admissão para a AFA, porque parte das vagas é reservada aos estudantes que, ao final do curso, tiveram as maiores notas e foram aprovados no TAPMIL.

O curso na Academia da Força Aérea é realizado em regime de internato. O aluno tem instruções militares e acadêmicas. Ao final dos quatro anos, é conferida a graduação de Bacharel em Administração, com ênfase em Administração Pública; e de Bacharel em Ciências Aeronáuticas, com habilitação em Aviação Militar.

Para realizar o primeiro voo, os Cadetes se dedicam, inicialmente, a estudar manuais de aeronaves e de procedimentos de voo. Ele tem que saber toda a teoria antes de começar as instruções práticas, que são realizadas no segundo e quarto ano de curso.  

Quais são os aviões usados em testes para a FAB – Formação de Piloto de Caça

O primeiro avião de testes do piloto é o T-25 em que os cadetes aprendem as regras elementares do voo, além de fazer manobras e acrobacias. No quarto ano, é utilizado o T-27 Tucano, que voa mais rápido e mais alto.

Ao se formar na AFA, os Cadetes se tornam Aspirante a Oficial e seguem para a cidade de Natal (RN), onde passam um ano recebendo instruções no Programa de Especialização Operacional (PESOP) na aviação de combate escolhida ao final do quarto ano da academia: Caça; Asas Rotativas; Transporte; Patrulha ou Reconhecimento.

O PESOP é coordenado administrativamente pela Ala 10 e operacionalmente pelo Grupo de Instrução Tática e Especializada (GITE) e pelas três unidades aéreas sediadas em Natal. De janeiro a março, os estagiários passam pelo Curso de Tática Aérea (CTATAE), no GITE, em que aprendem os princípios e orientações teóricas necessárias para atuar em combate. O curso, também, prepara o Aspirante para assumir responsabilidades como Oficial da FAB.

Depois são encaminhados para os esquadrões de acordo com a aviação:

  • Esquadrão Joker (2º/5º GAV) prepara os pilotos da Aviação de Caça;
  • Esquadrão Rumba (1º/5º GAV) capacita os pilotos de Transporte, Patrulha e Reconhecimento;
  • Esquadrão Gavião (1º/11º GAV) é responsável pela formação dos pilotos de Asas Rotativas (helicópteros).

Na parte avançada do curso, os estagiários aprendem as missões específicas de cada aviação como, por exemplo, missões de combate (dogfight), tiro aéreo, emprego de armamento (ar-solo), reconhecimento e busca.

As aeronaves utilizadas no treinamento são: A-29 Super Tucano, para os aviadores de Caça; C-95 Bandeirante, para os estagiários das aviações de Transporte, Reconhecimento e Patrulha; e o H-50 Esquilo, para as Asas Rotativas. Cada Aspirante realiza, em média, 100 horas de voo durante o ano.

As aeronaves modernas utilizadas pela FAB chegam a embarcar cerca de 30 sistemas operacionais básicos, considerando apenas os que o piloto deve estar apto a operar (ex.: aviônica, que é a interface piloto-aeronave; sistema de alerta; de iluminação; de combustível; de freio; de oxigênio; de proteção contra gelo; de navegação; de comunicação; etc).

Quanto Ganha um Piloto de Caça da FAB

Segundo informações de aviadores para o site de salários Love Mondays, o salário para piloto de caça avançado da Aeronáutica é de  R$ 10.585 mensais:

Também há médias de salários dependendo da patente, veja:

  • Soldado – R$ 1.786
  • Sargento –  R$ 4.454
  • Tenente – R$ 9.757

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.