Quanto ganha um piloto de Fórmula 1? Carreira e Salários

Você não pode simplesmente se tornar um piloto de Fórmula 1 do dia para a noite. A F1 é incrivelmente competitiva. Também é incrivelmente cara.

0

A Fórmula 1 é incrivelmente competitiva. Também é incrivelmente cara. Ser bem-sucedido em qualquer esporte profissional requer os mais altos níveis de dedicação e comprometimento. Entretanto, na Fórmula 1 também requer enorme apoio financeiro.

Você não pode simplesmente se tornar um piloto de F1 do dia para a noite. Em vez disso você deve trabalhar o seu caminho até a topo do pódio competindo em fórmulas mais baixas e aprendendo seu ofício de corrida.

Enquanto a Fórmula 1 desfruta de uma enorme cobertura global da mídia televisiva e impressa, as corridas de fórmula mais baixas ganham uma exposição muito pequena.

Os motoristas normalmente têm que financiar suas próprias carreiras de pilotos. Se você realmente deseja ser um piloto de Fórmula 1, deve estar preparado para gastar cada centavo que tiver.

Além disso você precisa ser muito bom em persuadir outras pessoas a gastar seu dinheiro com você. Aqueles que não ganham muito dinheiro como pilotos muitas vezes ficam com centenas de milhares de dólares (sim, dólares) em dívidas.

Por onde começar?

Para ter um gostinho de dirigir de forma competitiva, a rota mais barata e mais acessível é muitas vezes o karting.

A maior parte da safra atual de pilotos de F1 começou no karting, incluindo Lewis Hamilton. Dê uma olhada em algumas dessas imagens brilhantes de Lewis em sua carreira de corrida no kart.

Como você pode ver, o karting já é uma forma muito séria de automobilismo. Outro ponto de partida possível é ingressar em uma escola de corrida, como a de Silverstone. Você pode aprender as habilidades necessárias necessárias para obter sua primeira licença de corrida de circuito e iniciar sua carreira.

Chegando na Fórmula 1

À medida que sua carreira progride, você vai subir para categorias mais altas de corrida. Além disso vai usar carros mais rápidos e mais potentes. Existem várias rotas diferentes para a Fórmula 1, mas uma típica carreira júnior segue esta estrutura:

  1. Karting
  2. Fórmula Ford
  3. GP3
  4. Fórmula 3
  5. GP2
  6. F1

Quantos anos você gasta em cada categoria depende de quão bem sucedido você é. A maioria dos países do mundo tem uma organização automobilística afiliada à FIA.

No Brasil, três organizações são associadas à FIA:

  • Associação Automotiva do Brasil (AAB)
  • Clube de Automóveis do Brasil
  • Confederação Brasileira de Automobilismo (CBA)

Quanto ganha um piloto de Fórmula 1? – Salários

**Salários divulgados pela Forbes em 2018

1. Sebastian Vettel (Ferrari) – US$ 60 milhões

Sebastian Vettel tem um contrato com o cavalo empinado até 2021.

2. Lewis Hamilton (Mercedes) – US$ 50 milhões

Especula-se que Hamilton pode fechar um novo contrato com a Mercedes que ultrapasse os 60 milhões de dólares.

3. Kimi Raikkonen (Ferrari) – US$ 40 milhões

Raikkonen pode ser considerado o segundo piloto da Ferrari, mas a Scuderia ainda se certifica de que seu motorista seja bem cuidado com um grande contrato. No entanto, seu acordo atual se esgotou no final da campanha de 2018.

4. Fernando Alonso (McLaren) – US$ 30 milhões

O bicampeão mundial de Fórmula 1 pode não ter ganho o título há muito tempo, mas sua reputação ainda é alta e ele continua sendo um dos pilotos mais talentosos do grid. Há especulações contínuas de que ele poderia ser comprado pela Mercedes ou pela Ferrari.

5. Valtteri Bottas (Mercedes) – US$ 12 milhões

Bottas está em sua segunda temporada com a Mercedes e, embora ele possa ser impressionante às vezes, a empresa aparentemente está procurando outros pilotos para substituir o finlandês após o término de seu contrato.

6. Max Verstappen (Red Bull) – US$ 10 milhões

7. Stoffel Vandoorne (McLaren) – US$ 7 milhões

8. Daniel Ricciardo (Red Bull) – US$ 6 milhões

9. Nico Hulkenberg (Renault) – US$ 5,5 milhões

10. Sergio Perez (Force India) – US$ 5 milhões

11. Romain Grosjean (Haas) – € 4,45 milhões

12. Esteban Ocon (Force India) – US$ 3 milhões

13. Kevin Magnussen (Haas) – US$ 2,5 milhões

14. Lance Stroll (Williams) – € 1,8 milhões

15. Sergey Sirotkin (Williams) – US$ 1 milhão

16. Carlos Sainz Jr. (Renault): US$ 750.000

17. Marcus Ericsson (Alfa Romeo Sauber): US$ 500.000

18. Pierre Gasly (Toro Rosso) – € 400.000

19. Brendon Hartley (Toro Rosso) – € 350.000

20. Charles Leclerc (Alfa Romeo Sauber): US$ 150.000

Conteúdos Relacionados:

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.