Quer se aposentar? Veja dicas para agilizar a concessão do benefício

Algumas atitudes adotadas pelo trabalhador podem reduzir o tempo até o primeiro pagamento da aposentadoria.

Quando um brasileiro está perto de solicitar sua aposentadoria, tudo que ele menos quer é perder tempo. Depois de anos de muito trabalho, o cidadão só deseja dar entrada no benefício e passar o resto da vida com o sustento garantido.

Leia mais: INSS vai depositar 14° salário até o fim do ano?

O que muitos não sabem é que podem estar perdendo tempo para conseguir se aposentar mais cedo. Ficou interessado? Então confira algumas dicas super importantes para trabalhadores que querem antecipar o benefício.

Aproveitamento do período rural

Mesmo que o tempo trabalhado em atividade rural tenha sido curto, vale a pena incluí-lo no cálculo da aposentadoria. Esse período pode elevar o valor do benefício por meio da redução da incidência do fator previdenciário e da diminuição dos pontos exigidos.

Todos os trabalhadores que trabalharam em atividade rural antes de 1991 têm direito, mesmo que não tenham contribuído com o INSS. A comprovação deve ser feita por meio de notas fiscais de entrada de mercadorias, bloco de notas do produtor rural, declaração do Sindicato dos Trabalhadores Rurais, dentre outros documentos.

Verificação do CNIS

Os dados contidos no Cadastro Nacional de Informações Sociais (CNIS) são essenciais para garantir a aposentadoria. O sistema é um banco que reúne todos os vínculos trabalhistas e previdenciários do trabalhador, informações quem podem ser solicitadas pelo site ou aplicativo meu INSS.

Para evitar qualquer problema na hora de dar entrada no benefício, é imprescindível conferir se todas as informações sobre os locais e períodos de trabalho estão corretas. Quando algum detalhe é esquecido, o tempo de contribuição do segurado pode ficar menor.

Caso o cidadão tenha atuado em algum emprego sem carteira assinada, deve solicitar o reconhecimento desse período. Basta apresentar contracheques, ficha ou cartão de ponto, anotações na carteira de trabalho, dentre outros documentos que comprovem o trabalho na empresa.

Conversão do período especial

Essa é uma dica de ouro para quem exerceu atividade especial durante durante qualquer período da vida. A inclusão do período em que esteve exposto a agentes insalubres ou perigosos pode gerar redução de 40% para os homens e de 20% para as mulheres no tempo até a aposentadoria.

Para comprovar, é preciso apresentar os laudos PPP, LTCAT e PPRA. Algumas profissões que têm direito à aposentadoria especial são: químicos industriais, eletricistas, enfermeiros, médicos e metalúrgicos.

Inclusão do tempo de Serviço Militar

Todos os cidadãos que prestaram serviço militar, obrigatório ou não, nas Forças Armadas podem solicitar a inclusão desse período no cálculo da aposentadoria. A possibilidade surgiu após a reforma da Previdência, em vigor desde 2019.

Os aposentados que deixaram de pedir a inclusão desse tempo têm direito a uma revisão no benefício. O serviço militar pode eliminar ou diminuir a aplicação do fator previdenciário nas aposentadorias, por isso é muito importante. A situação pode ser atestada por meio de documento ou declaração que comprove a prestação do serviço militar.

você pode gostar também

Comentários estão fechados.

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More