Rotina de estudos na quarentena: Como se manter motivado e disciplinado?

Escola Educação mostra três passos para se manter motivado e disciplinado nos estudos durante a quarentena. Confira!

0

Diante à pandemia do coronavírus cresce o sentimento de medo, incertezas e da tão temida ansiedade. Tudo isso toma uma proporção ainda maior quando toda a rotina é interrompida pelo isolamento social, fazendo com que a vida dentro de casa seja uma constante.

Muita gente teve que adaptar a rotina de estudos para o meio doméstico. No entanto, manter a motivação dentro de casa pode ser um desafio. Afinal, a autodisciplina e gestão de tempo podem ser duas vilãs nessas horas.

Pensando nisso, o Escola Educação mostra três passos para se manter motivado e disciplinado nos estudos durante a quarentena. Confira abaixo!

1. Cronograma e planejamento

Antes de qualquer ação a ser tomada, principalmente na hora de estudar, é fundamental traçar um planejamento. Cronogramas são muito eficazes na hora de garantir um resultado de qualidade.

Esse planejamento se faz necessário para que o estudante tome nota de quais conteúdos deve ver, qual o prazo e quanto tempo tem disponível. Com essa prática, há uma maior gestão de tempo, fora que é possível conseguir mais tempo livre de lazer.

Na hora de criar um cronograma observe as seguintes questões:

  1. Quanto tempo tenho disponível?
  2. Quais disciplinas preciso estudar?
  3. Qual o prazo para entregar ao professor ou para a prova?

Após respondidas essas perguntas, o cronograma pode ser feito pela agenda física, agenda do celular ou com a criação de um planner.

2. Terceirize seus pensamentos

A mente humana é capaz de absorver muita informação, mas coisas menores e específicas podem ser um empecilho para a lembrança.

Por isso, é muito importante registrar e anotar todos seus pensamentos. Teve uma ideia algo a ser feito? Registre. Pensou em algo que quer ler depois? Registre.

O hábito de terceirizar os pensamentos auxilia a ter mais organização no dia a dia, algo muito importante na hora de estudar com eficiência.

3. Recompensas

O cérebro humano reage melhor a recompensas do que a críticas ou punições. Sendo assim, após cada tarefa cumprida, recompense a si mesmo.

Mas como fazer isso? Por exemplo: fez o planejamento, estudou corretamente o assunto proposto e chegou ao fim? Então, você merece um momento de descanso e lazer. Que tal assistir a um filme, comer um doce ou jogar um pouco?

A desmotivação é certa quando não conseguimos cumprir com um dever, mas isso pode ser facilmente revertido quando há recompensas envolvidas para finalização da atividade.

Confira também: 10 Ideias de atividades para fazer com as crianças durante a quarentena

PUBLICIDADE

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.