As profissões mais felizes: veja ranking áreas de atuação que geram maior satisfação

Entre os critérios para saber qual profissão mais satisfaz, pesquisadores fizeram levantamento de salário e autonomia.

A satisfação pessoal é um dos principais critérios pelos quais as pessoas escolhem o curso de formação ou especialização profissional. Afinal, todos possuem interesse em um emprego que não gera inquietação constante pelo simples fato de detestar a profissão. Tendo isso em mente, esses pesquisadores da Universidade de Chicago elaboraram um ranking sobre quais são as profissões mais felizes, confira a lista!

Leia Mais: Veja as 5 melhores profissões para quem é tímido e não quer lidar com o público.

Critérios para ter uma profissão “feliz”

Mas antes de saber quais são de fato essas profissões, vamos entender um pouco sobre os critérios para pontuar uma profissão como “feliz”. A começar, os pesquisadores buscaram saber o quanto de “bem-estar” que as áreas de atuação foram capazes de oferecer aos trabalhadores. Entretanto, esse não é o único motivo pelo qual alguém pode estar bem com o seu ofício.

Assim, observou-se também qual o nível de remuneração desses empregos, e se eles estão de acordo com o nível de trabalho entregue. Além disso, outro ponto importante é a capacidade de produzir dentro dessa área, ou seja, o quanto alguém consegue fazer de suas atividades e assim conseguir resultados e atingir metas. Por último, há também a questão da autonomia, que representa o quanto cada profissão consegue permitir que alguém viva a sua vida. Ou seja, para além da vida na empresa, o quanto alguém consegue realmente aproveitar dos momentos sem que esteja preso à profissão. A partir desses critérios foi possível chegar até a seguinte lista!

Top 10 profissões mais felizes

Os pesquisadores da Universidade de Chicago chegaram ao resultado de profissões mais felizes:

  • Membros da Igreja Católica e de outras congregações cristãs: A satisfação espiritual e a possibilidade de ajudar pessoas contribui.
  • Bombeiros: Esses reconhecem que são verdadeiros heróis da realidade, embora a profissão envolva riscos.
  • Fisioterapeutas: Segundo os profissionais, acompanhar a recuperação de um paciente é muito recompensador.
  • Escritor: Existe grande nível de satisfação com a criação artística e a possibilidade de se expressar.
  • Professores de educação especial: Embora não muito conhecidos, esses profissionais acreditam no valor do seu trabalho.
  • Professores em geral: Há quem duvide, mas professores acreditam na honra do ofício que exercem e por isso se sentem muito satisfeitos.
  • Artistas plásticos: Semelhante aos escritores, existe grande alegria na criação artística, e na possibilidade de exercer a criatividade.
  • Psicólogos: Apesar de ser uma profissão que lida com o sofrimento, existe a recompensa de ver a evolução dos pacientes.
  • Corretor de Serviços Financeiros: A estabilidade financeira e a possibilidade de evoluir na profissão torna os corretores alegres.
  • Engenheiros Operacionais: Um trabalho que demanda o manuseio de grandes máquinas e a transformação dos espaços, portanto é muito satisfatório!
você pode gostar também

Comentários estão fechados.

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More