Savana

Savana é uma região plana cuja vegetação predominante são as plantas gramíneas, com árvores esparsas e arbustos isolados ou em pequenos grupos.

0

O que é Savana? A savana é o nome que se dá a uma região plana onde a cobertura vegetal é predominantemente formada por vegetação rasteira e  árvores esparsas. Esse bioma ocorre em todos os continentes. Frequentemente são biomas de transição entre florestas e regiões desérticas ou de prados.

Tipos de Savana

Existem diversos tipos de savana, a depender do clima em que se inserem. As savanas tropicais, como o cerrado brasileiro, são caracterizadas por duas estações bem definidas: uma seca e uma chuvosa, além de terem solo pobre, grande diversidade de fauna e flora altamente especializados.

Há também savanas pantanosas, que apresentam frequentes inundações e solo rico. Há ainda savanas  temperadas, montanhosas e mediterrâneas.

Vegetação

Nas savanas africanas, a vegetação caducifólia, enquanto o Cerrado brasileiro é semidecíduo. Em ambas entretanto, há predomínio das gramíneas, árvores pequenas, ervas e arbustos. Isso se deve, principalmente ao tipo de solo pobre, aos incêndios sazonais e o pastejo animal.

Pinheiros, acácias e palmeiras são comuns no bioma, a depender de onde se localiza. O baobá é uma árvore que se tornou conhecida por representar a savana africana com seu tronco muito espesso, capaz de armazenar água para a estação seca. No cerrado, as árvores têm outra estratégia: com raízes muito profundas, elas podem buscar água em camadas do lençol freático.

A vegetação é adaptada ao fogo periódico, com troncos grossos, cobertos por resina, e raízes profundas. Alguns vegetais precisam do incêndio regular para sua reprodução. O fogo nas estações secas é um controlador esperado a que as espécies estão adaptadas e sua eliminação ou intensificação por ação antrópica é uma ameaça ao bioma.

Fauna

Na savana africana habitam grandes mamíferos, como os elefantes, zebras, gnus, girafas, antílopes, entre outros. Os cangurus são nativos da savana australiana. Todos esses são herbívoros, e servem de alimento para outros grandes mamíferos, como leões, leopardos, cães selvagens, e outros. Répteis e anfíbios podem se proteger da desidratação por meio da estratégia de se enterrar.

Dentro da savana

Há diversos estratos vegetais e conformações de relevo dentro de um mesmo bioma. Na savana africana, por exemplo, é comum grupos de árvores que servem de alimentos para elefantes. O mesmo não acontece no Brasil.

No cerrado, existem as divisões: savana florestada (cerradão), savana arborizada (campo cerrado, cerrado ralo, cerrado típico e cerrado denso), savana parque (campo-sujo-de-cerrado, cerrado-de-pantanal e campo rupestre) e savana gramíneo-lenhosa (campo-limpo-de-cerrado).

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.