Simulador digital mostra os danos ambientais em diferentes áreas do planeta

Ferramenta da Nasa está disponível para uso gratuito por qualquer internauta. A NASA disse que a criação da ferramenta proporcionará mais praticidade ao dia a dia.

O Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas (IPCC) lançou uma novidade. Agora, os internautas conseguiram acompanhar os efeitos de forma simplificada os efeitos das mudanças ambientais. 

Leia mais: Empresa oferece curso de programação exclusivo para mulheres

Com certa frequência (a cada 5 ou 7 anos) o IPCC emite relatórios sobre o tema. O instituto fornece avaliações em escala global do clima terrestre desde 1988. No geral, os documentos tratam do aquecimento global, cobertura de gelo e emissões de gases poluentes. Além disso, também traz dados sobre as variações do nível do mar em todo o mundo.

As informações do IPCC são obtidas por meio de satélites, instrumentos terrestres e simulações digitais. Contudo, a leitura desses dados não é tão simples quanto poderia ser. Isso dificulta o entendimento dos cidadãos sobre o tema.

Agora, com a novidade trazida para 2021, uma nova ferramenta pretende facilitar essa leitura. O relatório do IPCC ganhou gráficos e conta com acesso facilitado ao público leigo, inclusive. É possível realizar uma visualização local, por região, através da internet.

A Agência Espacial Americana (NASA) disse que a criação da ferramenta deve trazer benefícios. Para o órgão, a implantação do recurso proporcionará mais praticidade ao dia a dia.

A nova ferramenta utiliza diferentes variáveis, além dos relatórios. Elas envolvem mudanças no cenário socioeconômico dos países. Fatores como emissão de gases poluentes também entram nos fatores mutáveis. Assim, é possível simular situações hipotéticas para saber o que aconteceria com o planeta em determinadas circunstâncias.

Como usar

A nova ferramenta da Nasa é fácil e intuitiva de se utilizar. Os usuários podem simular diferentes cenários e observar os efeitos climáticos decorrentes de cada um. Para isso, é preciso fazer o seguinte:

Acesse a ferramenta digital de projeção do nível do mar. Link: https://sealevel.nasa.gov/ipcc-ar6-sea-level-projection-tool.

  1. Na sequência, escolha uma localidade do mapa.
  2. Ao clicar, uma pop-up será aberta e mostrará o aumento médio do nível do mar naquela região.
  3. Se quiser dados mais ricos em detalhes, clique na área “full projection”.
  4. Depois, o usuário será redirecionado para outra página. Nela, é possível desvendar os diferentes cenários.

Pronto! Agora é só começar a simulação de diferentes situações por meio do recurso.

você pode gostar também

Comentários estão fechados.

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More