Táxi voador: Uber anuncia investimento de US$ 75 milhões em novo projeto

Em parceria com startup de tecnologia, empresa afirmou que vai investir na mobilidade área por meio de carros voadores.


A Uber, em parceira com a startup Joby Aviation, anunciou o projeto do seu primeiro carro voador, o Uber Elevate. Com investimento de US$ 75 bilhões, o acordo tem como objetivo a criação de um táxi aéreo.

Sob pressão para tornar a empresa ainda mais lucrativa, a administração do Uber tem se concentrado no principal serviço da empresa, a mobilidade urbana, sobretudo ao longo da pandemia de coronavírus. No entanto, recentemente, a empresa adquiriu um dos seus maiores concorrentes, o Postmates, empresa norte-americana voltada para a entrega de comida.

Custos de desenvolvimento

O impacto causado pelos táxis aéreos, assim como dos carros autônomos, não deve ser significativo ao longo de alguns anos, sobretudo quando são analisados os custos anuais envolvendo a produção das máquinas. Eles podem chegar a centenas de milhões de dólares.

Em um e-mail enviado para funcionários, que foi visto pelo New York Times, o presidente-executivo do Uber, Dara Khosrowshahi, disse que entende os questionamentos relacionados aos próximos passos da empresa.

“Eu entendo essa pergunta, mas acho que deixa de lembrar as grandes e ousadas apostas que estão diante de nós: nos tornarmos os líderes globais indiscutíveis em Mobilidade e Entrega”, disse Khosrowshahi.

A indústria de táxis aéreos tem recebido bastante atenção nos últimos anos, ação impulsionada pela altas cifras dos investimentos. Os recursos, no entanto, têm se concentrado apenas em um pequeno grupo de empresas.

Leia ainda: Futurismo, o movimento artístico inspirado pela tecnologia

PUBLICIDADE

você pode gostar também

Os comentários estão fechados, mas trackbacks E pingbacks estão abertos.

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More