Tecido adiposo – Armazenamento e reserva energética

O tecido adiposo é muito importante para os animais, pois atua como reserva energética. Assim, é muito necessário quando há escassez alimentar. Confira.

0

Os seres vivos podem possuir diferentes tipos de tecidos e cada um deles têm um objetivo, sendo constituído por um tipo específico de célula.

O tecido adiposo é um dos tecido existentes, sendo um tipo de tecido conjuntivo. Ele possui células ricas em lipídios e substâncias intracelular reduzidas. Essas células são denominadas de “adipócitos” ou “células adiposas”.

Essas células são maiores que a maioria das outras células, possuem forma esférica e um grande vacúolo central de gordura, variando seu tamanho de pessoa para pessoa.

Função do tecido adiposo

Esse tecido tem a função de armazenamento de gordura em seu citoplasma. Essa função é muito importante como reserva de energia para momentos de necessidade. Isso se dá pelo fato da célula armazenar gordura.

Além disso, outra função desse tecido é servir como isolante térmico, pois a gordura é um excelente isolante térmico em atribuição da sua localização próxima à superfície corporal, abaixo da hipoderme.

Por fim, o tecido adiposo possui a função de preenchimento. Ele é encontrado ao redor dos órgãos e preenche os espaços, mantendo as estruturas fixas no lugar.

Classificação

O tecido adiposo possui algumas variações celulares e estas podem ser classificadas de forma diferente. A diferenciação é no número de vacúolos de gordura presentes dentro de cada célula.

Tecido adiposo unilocular

Esse tipo de tecido adiposo é chamado de unilocular porque suas células apresentam uma única bolha de gordura em cada célula, preenchendo quase todo o seu citoplasma e o núcleo se mantém periférico.

Além disso, esse tecido pode ser chamado de tecido adiposo amarelo, pois possui substâncias carotenoides dissolvidas na gordura que podem dar essa colocação.

Tecido adiposo multilocular

Já nesse tipo de tecido adiposo, as suas células possuem vários vacúolos de gordura espalhadas em seu citoplasma e várias mitocôndrias, com seu núcleo centralizado no citoplasma.

Assim, possui uma cor castanha (ou marrom) em decorrência das numerosas mitocôndrias e da vascularização abundante.

Com essas características, o tecido adiposo multilocular consegue gerar energia mais rápido que o unilocular. Dessa maneira, é muito abundante em recém-nascidos e animais hibernantes, pois ajuda na formação de calor.

Curiosidade

O tecido adiposo está distribuído por todo o corpo. Com isso, em um ser humano, dentro das medidas recomendadas, o tecido adiposo corresponde de 20% a 25% do peso corporal nas mulheres e 15% a 20% nos homens.

Veja também: 

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.